Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

3 bilionários que podem ajudar o Internacional

O Internacional não descarta a possibilidade de virar Sociedade Anônima de Futebol (SAF). Os conselheiros do clube já estudaram alguns modelos e definiram o valor que seria estipulado para uma possível venda do Colorado. No entanto, até o momento, os dirigentes não fizeram nenhum tipo de avanço para aderir ao modelo nos bastidores.

No Brasil, já existem alguns casos de clubes que pertencem à um dono. São os casos de Vasco da Gama e Cruzeiro, por exemplo, que tiveram problemas financeiros nas últimas décadas. Desta forma, ambas as equipes viram a Sociedade Anônima do Futebol como a única alternativa para voltarem ao protagonismo no cenário nacional.

Os maiores exemplos positivos de clubes-empresas são o Bragantino, adquirido pela Red Bull, e o Cuiabá. Mesmo com a baixa procura dos torcedores e o poder de visibilidade pequeno, as duas equipes estão na primeira divisão e assumiram protagonismo em 2023. Desta forma, o modelo dos dois clubes chama a atenção nos bastidores.

É importante ressaltar que, para que o Internacional seja vendido para algum bilionário, o estatuto do clube ainda precisaria ser alterado. Uma das ideias seria com esse investidor pagando todas as dívidas da equipe, assumindo a sua gestão. Atualmente, o Clube do Povo deve cerca de R$ 600 milhões e mais R$ 200 milhões do Beira-Rio.

Em um primeiro momento, o presidente Alessandro Barcellos não demonstra interesse em procurar por alternativas para que o Colorado vire uma Sociedade Anônima do Futebol. Contudo, ele está em busca de bilionários que possam ajudar em investimentos, seja para contribuir na aquisição de reforços ou na construção do CT em Guaíba.

Veja os bilionários que podem investir no Inter

Para ajudar na situação financeira, o Internacional poderia receber a ajuda de algum bilionário. O empresário não necessariamente teria que ser alvirrubro, já que basta ter um poderio financeiro e a vontade de investir no clube. Entretanto, o Portal do Colorado listou três nomes que torcem para o Clube do Povo e que poderiam ajudar o clube. Veja:

Elusmar Maggi Scheffer: conhecido como um dos nomes mais fortes do agronegócio no Brasil. O empresário já doou R$ 1 milhão ao Inter no começo de 2021. A fortuna de sua família foi estimada em 4,9 bilhões de dólares em 2014.

Delcir Sonda: dono de uma rede de supermercados, tem fortuna estimada em R$ 4 bilhões e é um dos conselheiros do Internacional. O empresário tinha uma parceria para investir no clube com Roberto Melo, porém o candidato acabou sendo derrotado nas eleições.

Pedro Grendene: É o nome menos conhecido da lista e não tem uma ligação forte com o Colorado, mas é um dos torcedores mais ricos do Internacional. A fortuna do empresário do ramo dos calçados é avaliada em 1,1 bilhão de dólares.