5 momentos especiais de D’Alessandro em clássicos com o Grêmio

Se existe um jogador que representa o clássico GreNal no século XXI, é Andrés D’alessandro. O Grêmio foi o time que o gringo mais enfrentou em Porto Alegre, como também o que mais venceu, sendo 40 jogos disputados, com um total de 16 vitórias, 13 empates e 11 derrotas. Confira abaixo, 7 momentos curiosos de D’ale no clássico.

1. D’ale x Victor

O primeiro duelo individual que o ídolo colorado travou no clássico, foi enfrentando o ex-goleiro do Grêmio, Victor. O jogador foi a maior vítima de D’ale na carreira e a cada gol que sofria dos pés de D’alessandro, sofria uma pressão enorme, pois se popularizou uma espécie de tabu do argentino sobre o arqueiro.

2. Cornetas com Renato Gaúcho

Se por um lado Victor era o rival mais popular no campo, fora das 4 linhas quem fica com o prêmio é o ídolo gremista Renato Portaluppi, o treinador que já teve inúmeras passagens pelo tricolor gaúcho, chegou a mencionar que o quê D’ale possui de idade, ele detém de títulos, após o gringo ter comemorado um gol fazendo o gesto de um binócuço, como corneta ao rival.

3. Discussão antes do apito inicial

Talvez um fato inédito no futebol, foi protagonizado por D’alessandro em um dos clássicos que disputou. O jogador discutiu com o ex-capitão gremista, Maicon, no sorteio pré jogo para definição de quem iniciaria com a bola. O gremista aparentemente provocou o argentino, que não deixou barato e partiu para cima do meia. A confusão durou pouco, pois o árbitro Jean Pierre contortou bem a situação.

4. D’alessandro e o caixão gremista

O ato de levantar o caixão com símbolo do rival, na qual os torcedores sempre carregam ao clássico, foi popularizado pelo argentino. Após a conquista colorada do Campeonato Gaúcho de 2011, o último na antiga cancha tricolor, o ídolo do Internacional andou pelo gramado do estádio Olímpico com um caixão que possuía as cores do rival.

5. Expulsão sem entrar em campo

Outro fato proporcionado por D’alessandro foi uma expulsão na final do Campeonato Gaúcho de 2019, o meia colorado recebeu cartão vermelho no segundo tempo após reclamar muito do pênalti marcado para o Grêmio em Cortez. Depois de ser expulso, D’ale ainda fez o popular gesto “eu tô aqui” de Cristiano Ronaldo em canchas rivais, direcionado a torcida tricolor.

D’alessandro vai para os últimos clássicos da sua carreira nos dois próximos jogos válidos pelas semifinais do gauchão. Há incerteza de que o gringo entre no jogo, isso dependerá das circunstâncias do confronto. Contudo, D’ale é o atleta em Porto Alegre que mais conhece o clássico GreNal e mesmo que não entre na partida, será de fundamental importância nos bastidores do embate.

Comentários do Facebook

- Publicidade -