5 motivos para Keiller virar titular do Internacional

A paciência do torcedor do Internacional com Daniel parece estar chegando ao fim após a última falha do arqueiro na partida com o Cuiabá. Protagonista das duas eliminações no ano, o goleiro formado na base colorada vive seu pior momento desde que assumiu a titularidade da meta.

Com isso, vamos dividir dois espaços para apresentar os argumentos positivos e contrapontos para a permanência ou saída do arqueiro titular baseado em análises da temporada, opinião do torcedor e momento do jogador.

Falhas decisivas na temporada

O arqueiro colorado falhou nas duas eliminações significativas da temporada. A primeira e mais significativas foi no enfrentamento com o Globo. O confronto válido pela Copa do Brasil marcou a eliminação da equipe na primeira fase. A derrota por 2 a 0 iniciou após o goleiro falhar bisonhamente no gol de falta.

A segunda e não menos importante ocorreu na semifinal do Gauchão. Na derrota por 3 a 0 para o arquirrival, o segundo gol da partida foi marcado por Bitelo, que arrematou de longa distância. Daniel alcançou a bola, mas acabou espalmando para dentro do gol.

Pressão da torcida

Por se tratar de um garoto, a torcida pareceu obter cautela nas críticas com o arqueiro. Contudo, a paciência parece ter se esgotado no último sábado (21). Como todas as torcidas de grandes clubes, a do Inter não costuma ter piedade nos momentos de crítica e certamente pegará no pé do camisa 1.

Falta de crédito

Apesar de ter sido um dos melhores jogadores do Inter na temporada passada, Daniel acabou se machucando muito antes do campeonato encerrar. Com isso, não houve tempo para o goleiro adquirir respaldo com a torcida, o que leva a ser curta a paciência com as falhas constantes.

Trauma com os antecessores

Atualmente, o trabalho de Daniel Pavan não possui confiança mínima da torcida. Danilo Fernandes e Marcelo Lomba deixaram o clube cercado de críticas. Isso fez gerar uma visão de cautela do torcedor quanto aos defensores da meta colorada, que desde a saída de Alisson, não consegue firmar um confiável.

Chance de Keiller mostrar serviço

Keiller possui a mesma formação que Daniel e se consolidou como profissional surgindo do Celeiro de Ases. Contudo, o jogador possui rodagem semelhante a de Daniel na Série A. Emprestado para a Chapecoense no ano de 2021, o arqueiro de 25 anos ainda não obteve sequência em Porto Alegre. Caso Daniel seja desintegrado do time titular, o jogador finalmente terá a chance de se firmar na meta alvirrubra.

Comentários do Facebook

- Publicidade -