7 técnicos que não seriam bem-vindos no Internacional

- Publicidade -

- Publicidade -

O técnico Diego Aguirre faz uma campanha decepcionante na reta final do Campeonato Brasileiro e não deve permanecer no Internacional na próxima temporada. A direção já está de olho em prováveis substitutos para assumir o cargo.

O nome mais cogitado nas últimas semanas foi o de Juan Pablo Vojvoda, do Fortaleza, que faz uma temporada surpreendente no Brasileirão. Apesar disso, o Colorado ainda não definiu quem vai assumir o cargo e vários treinadores estão sendo especulados.

7 técnicos que não seriam bem-vindos no Internacional

- Publicidade -

  1. Celso Roth: O último trabalho do comandante foi uma péssima passagem no ano do rebaixamento do Internacional, em que teve 36% de aproveitamento em 22 jogos. Desde então, nunca mais treinou um clube e pensa em voltar ao futebol.
  2. Felipão: Ídolo do Grêmio, o treinador é um dos maiores vencedores da história do futebol brasileiro, mas a conexão com o Tricolor impede o vinculo com o Colorado. Além disso, fez péssima campanha pelo clube na atual edição da Série A.
  3. Coudet: Comandante do Internacional na temporada passada, o treinador não teve uma saída tão aceita por parte da torcida, já que largou o clube em meio ao Campeonato Brasileiro. Atualmente está no Celta de Vigo e tem contrato até junho de 2024.
  4. Renato Portaluppi: É ídolo do Grêmio e já esteve envolvido em diversas polêmicas com o Internacional. Foi demitido do Flamengo na última semana e está livre no mercado. É cotado por parte da imprensa para comandar o Tricolor na Série B.
  5. Dorival Júnior: Sem comandar um clube desde a temporada passada, o treinador esteve à frente do Inter em 2011 e 2012. Fez uma boa campanha no primeiro ano e conquistou uma vaga na Libertadores, mas teve um desempenho ruim nos últimos meses dentro do clube.
  6. Falcão: Ídolo do Inter, comandou o clube em 2016 e fez uma péssima campanha, sem ganhar nenhuma partida em cinco jogos. Foi demitido depois de apenas um mês no cargo e desde então não treina um clube há mais de cinco anos.
  7. Fernando Diniz: O treinador ainda não teve nenhum trabalho consolidado em um grande clube do futebol brasileiro. Ficou próximo disso no São Paulo, mas a queda de rendimento na reta final do Brasileirão fez com que o comandante fosse demitido. Esteve no Vasco recentemente, mas não conseguiu concluir a missão de levar o clube para a Série A.

Comentários do Facebook

- Publicidade -