AFA tenta tirar a final da Sul-Americana 2022 do Brasil

A Associação do Futebol Argentino (AFA) quer levar a final da Copa Sul-Americana de 2022 para a Argentina. Segundo o jornalista Hernán Castillo, o pedido ocorre por conta da realização das eleições no Brasil na mesma semana da decisão da competição continental.

O pedido dos argentinos é para que a partida decisiva seja disputada no estádio Mario Alberto Kempes, que fica localizado em Córdoba e tem capacidade para 57 mil pessoas.

“Atenção: a AFA solicitou formalmente a Sul-Americana para que a final da Copa Sul-Americana deste ano seja realizada no estádio Mario Alberto Kempes. A mesma estava definida para o estádio Mané Garrincha, no Brasil, mas ocorrerão eleições no Brasil nesse fim de semana (2/10)”, afirmou Castillo.

A Conmebol não se pronunciou sobre o assunto e, por enquanto, a final segue mantida para o estádio Mané Garrincha, em Brasília. Cinco times brasileiros seguem vivos na competição e podem disputar a decisão em solo brasileiro (Inter, São Paulo, Ceará, Atlético-GO e Santos).

O Colorado disputará a ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana na semana que vem. O time de Mano Menezes enfrenta o Colo-Colo, na terça-feira (28), às 21h30, no estádio Monumental David Arellano, no Chile.

Colo-Colo projeta duelo contra o Inter

De olho no jogo decisivo pela Copa Sul-Americana, o Colo-Colo encerrou a intertemporada na Argentina e voltou a jogar uma partida oficial no último sábado (18). A equipe ficou no empate sem gols com o Deportes Temuco e o treinador Gustavo Quinteros concedeu entrevista coletiva.

“Precisamos levantar o nível individual dos jogadores e também recuperar quem ainda não está bem. Teremos um jogo de volta com o Deportes Temuco e depois os confrontos da Sul-Americana. Vamos encarar um rival que não perde há 15 partidas (entrevista concedida antes da derrota para o Botafogo). Ficou mais difícil que na fase de grupos da Libertadores”, afirmou o técnico.

Comentários do Facebook

- Publicidade -