Alan Patrick fura a fila e fica com a 10 do Internacional

Apresentado oficialmente como reforço do Internacional, Alan Patrick vestirá a camisa 10 deixada por D’Alessandro. Tal decisão gera surpresa, pois a expectativa era de que Taison voltasse a usar o número após a aposentadoria do ídolo argentino. Durante a sua coletiva de apresentação, nesta quinta (21), o meio-campista falou sobre o que significa usar a camisa.

 “Essa camisa tem uma história muito linda, vestida por um ídolo, que tive o prazer de jogar junto. D’Ale tem história lindíssima, é insubstituível, mas vou procurar representar o meu futebol, no meu estilo de jogo, para fazer o Inter vencer e chegar às conquistas”, disse o meia que está de volta ao Beira-Rio.

Alan ainda não tem data para estrear pelo Colorado, portanto não estará à disposição de Mano Menezes para encarar o Fluminense, no sábado (23). O jogador não entra em campo desde novembro do ano passado. Por essa razão, está sob os cuidados do departamento médico e fisiológico do clube para recuperar a melhor condição física.

Alan Patrick com a 10? Expectativa era de que Taison retomaria a numeração

Em seu retorno ao Clube do Povo, Taison assumiu a camisa 10 e o papel de protagonista do time. O capitão colorado cedeu a camisa a D’Ale quando o ídolo e amigo voltou para se despedir dos gramados, no começo deste ano.

“Torcedor colorado, e quem comprou a camisa 10 com meu nome, continuem usando porque ela tem um valor especial para todos nós! Aproveitem esse momento, o Dono da Camisa 10 está de volta!”, escreveu o camisa 7 na época.

Era esperado, no entanto, que Taison voltasse a usar a 10 após a aposentadoria de D’Ale. O que acabou não se realizando. Alan Patrick fica com a camisa, enquanto o capitão continua vestindo a 7, número que ele usou na primeira passagem pelo Colorado.

Comentários do Facebook

- Publicidade -