Análise Tática: Chapecoense 1 x 2 Internacional

0

Tivemos uma vitória Colorada na estreia de Diego Aguirre. O Internacional enfrentou a equipe da Chapecoense na Arena Condá e venceu pelo placar de 2 a 1 na estreia do técnico Diego Aguirre.

Chapecoense 1 x 2 Internacional

Primeiramente, já nos primeiros minutos de partida podia se perceber que o Inter estava com uma proposta de jogo ofensiva diferente dos últimos jogos. A pressão na saída de bola era mais intensa e também a troca de posições para confundir a marcação da Chape assim como ocupar os espaços e ter mais opções de passe.

O Internacional abriu o placar com Caio Vidal após uma boa pressão na saída de bola de Maurício,Patrick e Yuri Alberto,que conseguiram a igualdade numérica em relação aos jogadores da Chapecoense. A bola se ofereceu para Maurício que deu bela assistência para Caio Vidal bater cruzado e abrir o placar para o Colorado.

Como havia sido dito, o Inter apresentava uma dinâmica diferente, muitas vezes fazia dobras com Edenilson e Caio Vidal pela direita, outras vezes com Patrick e Maurício pela esquerda. Para liberar os meias, Zé Gabriel fazia a lateral direita em certos momentos e Heitor passava a jogar pela esquerda.

O Inter fez o segundo gol com Yuri Alberto após bela assistência de Patrick em uma retomada após outro erro na saída de bola da Chapecoense. Destaque também para a velocidade e finalização do centroavante Colorado.


No segundo tempo a Chapecoense buscou a pressão especialmente no jogo aéreo e conseguiu crescer na partida após Derlan diminuir a vantagem Colorada em cabeceio depois de cobrança de falta de Ravanelli. Alguns jogadores do Inter sequer disputaram a bola e deram mais oportunidade do cabeceio para o jogador da Chapecoense.

O Inter pressionou e poderia ter conseguido sacramentar a vitoria com um resultado maior, mas conseguiu garantir os 3 pontos.

Imagem: Tática Didática

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.