Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Anderson Daronco foi flagrado com camisa do Grêmio? Caso foi desvendado

O árbitro Anderson Daronco esteve envolvido em uma polêmica que viralizou nas redes sociais. Isso porque uma foto do profissional vestindo a camiseta do Grêmio começou a circular entre torcedores. A questão fez sucesso entre os colorados, já que a questão indicaria que o juiz se coloca à disposição para favorecer o Tricolor Gaúcho nos jogos.

No entanto, apesar do boato, a foto não passava de uma montagem feita por um torcedor. Na imagem original, o árbitro aparece sem camisa ao lado de amigos dos tempos de faculdade. A versão editada, no entanto, traz um recorte da camiseta do colega que está ao lado de Daronco.

Veja a imagem original da foto com Anderson Daronco:

Anderson Daronco foi punido no futebol

O árbitro Anderson Daronco acabou sofrendo uma punição que partiu da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Após ter se responsabilizado por diversas polêmicas na temporada passada, o juiz ficou fora dos gramados por decisão da entidade. Um clube do país se sentiu prejudicado pelas ações do profissional, então fez uma denúncia na CBF.

No ano passado, o árbitro responsável por gerir a partida entre Corinthians e Santos, em duelo que acabou empatado, recebeu diversas críticas. Isso porque ele teve responsabilidade direta em um lance polêmico, já que optou por manter uma decisão de pênalti a favor do Peixe, nos acréscimos. A situação foi bastante contestada pelo rival.

Após o apito final, o time paulista se mobilizou por conta do suposto erro de arbitragem e, por meio do seu presidente, Duilio Monteiro Alves, optou por mandar um ofício para a Confederação Brasileira de Futebol. O clube pediu a punição do responsável pelo apito, o que acabou sendo confirmado posteriormente.

“Não tem sentido nem o árbitro ser chamado, muito menos ele ir lá olhar com a experiência que tem e dar um pênalti, inverter uma decisão que já tinha tomado e dar um pênalti desse absurdo. Vamos fazer um ofício, ir pessoalmente na CBF. Um erro desse tamanho não pode acontecer e ainda mais em um momento desse do campeonato. É um absurdo o que aconteceu aqui hoje”, disse o mandatário.