Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Anderson finalmente desabafa sobre sua passagem no Internacional

No início da temporada de 2015, o Internacional fechou uma contratação que gerou bastante polêmica nos bastidores. O atacante Anderson, que foi formado nas categorias de base do Grêmio, desembarcou em Porto Alegre e começou a escrever sua história com a camisa alvirrubra. No entanto, a passagem não aconteceu como o esperado.

Anderson defendeu as cores do Colorado até o final de 2017, quando o clube foi rebaixado para a Série B pela primeira vez em sua história. Por conta disso, o atacante não deixou saudades nos torcedores do Internacional. Em seguida, ele ainda rodou pelo Coritiba e Adama Demirspor, da Turquia, antes da aposentadoria.

Aliado a isso, nesta quarta-feira (31), o Globo Esporte publicou uma longa entrevista para relembrar a carreira do ex-jogador. O atacante aproveitou a oportunidade para desabafar sobre sua passagem no Beira-Rio, relembrando todas as dificuldades por ter trabalhado com seis técnicos diferentes e por não ter tido uma sequência na equipe.

“No Brasil, às vezes é complicado. Eu saí do Inter como o jogador com mais assistências no clube. Nunca tive uma sequência boa de jogos que me deram. E em um ano eu tive seis treinadores. É loucura. Como um jogador vai ter seis treinadores em um ano? É impossível”, salientou Anderson, que atuou em 86 partidas pelo Inter, com seis gols e cinco assistências.

Anderson não brilhou pelo Internacional

O atacante Anderson fez história durante a sua primeira passagem com a camisa do Grêmio. O atleta chamou a atenção de diversos clubes do futebol europeu e foi vendido ao Porto, de Portugal, por 8 milhões de euros. Em seguida, foi transferido ao Manchester United, da Inglaterra, por 31,5 milhões de euros. No entanto, ele não teve sucesso na Premier League.