Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Após não ter mais chances, Gabriel decidiu colocar clube na Justiça

O volante Gabriel, do Internacional, se irritou com um clube e entrou com ação na Justiça. Muitos torcedores ficaram surpresos com a postura do jogador. Atualmente, o meio-campista está fora dos planos no time comandado por Eduardo Coudet. A expectativa é de que ele seja transferido para outro clube nos próximos meses.

Fora dos gramados por conta da falta de espaço no elenco, Gabriel ainda lida com uma situação na Justiça. Isso porque, antes de chegar ao Inter, o jogador defendia o Corinthians e foi sondado pelo Al-Hilal, da Arábia Saudita. O meio-campista chegou a preparar sua ida para o futebol árabe, porém o negócio foi cancelado de última hora.

O acordo já estava formalizado, inclusive com as documentações sendo entregues, e o jogador chegou na Arábia Saudita para assinar o contrato. No entanto, o acordo foi recusado de última hora. O Al-Hilal cancelou a transação pois conseguiu assinar com Gustavo Cuéllar de última hora. Diante disso, Gabriel teve que retornar ao Brasil para continuar no Corinthians.

No entanto, o profissional se sentiu lesado com a situação e acionou o clube árabe no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS). Desta forma, o jogador cobrou os valores referentes no contrato com a equipe, uma vez que entende que o negócio estava acertado. Apesar de todo o imbróglio, Gabriel seguiu para o Inter, onde joga atualmente.

Gabriel ficou revoltado com situação no Inter

Nos últimos dias, o volante Gabriel esteve envolvido em polêmicas no Internacional. Isso porque o jogador foi questionado sobre a falta de espaço no elenco de Eduardo Coudet. O profissional foi deixado de lado e vê os volantes Thiago Maia e Fernando, recém-contratados, recebendo mais espaço na lista de jogadores.

“Eu não estava acompanhando eles (Thiago Maia e Fernando), mas eu sei do meu potencial e não concordo que estejam melhores do que eu antes de acontecer uma disputa interna”, disparou Gabriel, em entrevista ao jornalista Vagner Martins.