O que disse D’Alessandro em sua despedida do Internacional?

Neste domingo (17), D’Alessandro fez a sua última partida como jogador profissional, contra o Fortaleza, no Beira-Rio. Um dos maiores ídolos da história do Internacional, o argentino se despediu dos gramados e dos Colorados contribuindo para a vitória do time. Ao final do jogo, o eterno camisa 10 falou pela última vez ao fim dos 90 minutos.

“Agradecido ao clube, por ele (Cauan de Almeida, técnico interino), por me darem uma chance de jogar por último no Beira-Rio. Eu não sonhava assim tão perfeito. Queria me despedir com vitória, mas fazer um gol, cara… Muitos dizem que tenho uma estrela diferente, mas é como eu falo, é merecimento, trabalho”, disse D’Ale ainda no gramado.

O gol de número 97 do ídolo com a camisa vermelha empatou a partida ainda no primeiro tempo e ajudou na vitória por 2 a 1. Revelado pelo River Plate, o argentino ainda lembrou do time que o formou para o futebol, mas se declarou ao clube que representou em campo por 529 vezes e aprendeu a amar.

“O River faz parte da minha vida, uma fase diferente da minha carreira, mas isso é inacreditável. A partir de amanhã serei mais um colorado torcendo pelo nosso clube”, concluiu.

Despedida de D’Alessandro em grande estilo

Aos 41 anos, o meia mostrou o motivo de ser um dos grandes da história do Colorado. Em jogo difícil, contra um adversário complicado, o jogador chamou a responsabilidade e ajudou o time a virar a partida.

Em lance aparentemente perdido no lado direito do ataque do Inter, o capitão driblou o marcador e contou com a ajuda do goleiro – ou do destino? – para igualar o marcador aos 51 minutos do 1º tempo.

Por conta dele ou por ele, o Clube do Povo fez uma das melhores partidas no ano.

Comentários do Facebook

- Publicidade -