Auxiliar de Tabárez chama especulação de Aguirre no Uruguai de “circo”

- Publicidade -

- Publicidade -

O Uruguai foi goleado pelo Brasil e pela Argentina na última data FIFA e especulações sobre a saída do treinador Óscar Tabárez foram divulgadas pela imprensa. Diego Aguirre, do Internacional, apareceu como o nome mais provável para assumir o cargo.

O atual comandante do país e a comissão técnica estiveram muito próximos de sair da seleção, mas a situação foi acertada em reunião com a Federação Uruguaia de Futebol.

“Fomos à reunião para buscar a conciliação com os dirigentes, não para buscar complacência. Não queremos complacência pelo que oferecemos. Queremos ser avaliados e temos objetivos muito claros para o futuro”, afirma Celso Otero, assistente técnico de Tabárez.

- Publicidade -

O assistente ainda afirmou que acredita na classificação para a Copa do Mundo de 2022 e não vê outra comissão tão preparada quanto a equipe de Óscar Tabárez.

“Se há alguém apto a cumprir o objetivo de se classificar para a Copa do Mundo, é essa comissão técnica, digo isso por experiência própria. […] Tabárez permanece intacto e continua liderando este grupo e fará todo o possível para se classificar para a Copa do Mundo”, analisa Celso Otero.

- Publicidade -

O assistente técnico também analisou a situação desencadeada pelos maus resultados como algo gerado pelo “circo midiático”. Segundo ele, a Federação Uruguaia estava “Vendo o circo midiático que se desenvolveu a partir da filtração de dados”.

A sondagem sobre Diego Aguirre

Celso Otero também falou sobre Diego Aguirre, que foi o nome mais cotado para assumir o cargo do Uruguai em caso de saída de Tabárez: “Não houve necessidade de procurar outros profissionais como possíveis substitutos”.

O treinador do Inter, Diego Aguirre, também confirmou que não houve nenhum contato, mas o Uruguai manteu o técnico no radar caso a demissão fosse confirmada.

“Eu me sinto muito melhor com algo que começa. Estou muito feliz no Inter. Às vezes, as coisas acontecem e você não imagina. Minha ideia é cumprir o contrato com o Inter, fazer o melhor possível para continuar. Gosto de falar de coisas concretas, certezas. Isso (Treinar a seleção uruguaia) é uma possibilidade. Se aparecer, veremos. Hoje está tudo tranquilo”, afirmou o comandante, após a partida contra o Palmeiras.

Comentários do Facebook

- Publicidade -