Barco furado de Cacique Medina fez o Inter ser humilhado de novo. Até quando?

O Inter teve praticamente 15 dias para treinar e conseguiu voltar jogando pior. O primeiro tempo foi ok, com 2 a 0 no marcador contra o 9 de Octubre, time que está em 15º lugar no Campeonato Equatoriano, torneio disputado por 16 times. Mas, o segundo tempo foi ridículo.

O Inter de Medina cresce igual rabo de cavalo, para baixo. Um futebol medíocre, sem graça e sem qualidade nenhuma. Os 15 dias de treinamento não trouxeram nada novo. A escalação com três zagueiros e três volantes é só um exemplo do que está errado no Clube do Povo.

Não fosse o goleiro Daniel fazendo defesas na segunda etapa, o Colorado teria perdido para um possível rebaixado do Equador. No segundo tempo o Inter só chutou a gol no fim, com Alemão quase fazendo 3 a 2 no placar. E o que falar dos zagueiros? Foram dois gols sofridos de cabeça, de um jogador que mede 1,74m.

Medina tirou Taison no intervalo e o time desandou. Parece que o crédito que a direção da para o treinador não serve de nada. É mais uma humilhação que o torcedor do Inter passa em 2022, depois da eliminação para o Globo e a derrota por 3 a 0 contra o Grêmio em casa. Um vexame.

E no domingo (10) tem o Atlético Mineiro, o campeão brasileiro fora de casa. Com Medina na casamata, é só esperar o próximo vexame do Inter. E o presidente Barcellos buscando suas correções de rota, que até hoje, em 16 meses de gestão, nunca achou!

Talvez seja por isso que até hoje esse técnico nunca classificou um time para o mata-mata de torneios da Conmebol. Ele sempre foi eliminado nos grupos e se continuar assim, o Inter será o próximo de sua lista de fracassos.

Comentários do Facebook

- Publicidade -