Bastidores: “Clima de velório” preocupa para o GreNal

O momento do Inter não é dos melhores. Após um início ruim na temporada, a eliminação para o Globo, na Copa do Brasil, demoliu de vez qualquer ambiente positivo que existia dentro do vestiário colorado. Preocupação destaca por declarações do presidente Alessandro Barcellos e pelo técnico Cacique Medina, mas que ganha ar de medo nos bastidores entre jogadores e staff.

Um relato feito a reportagem, por um integrante do vestiário do Inter chamou a atenção. “O clima nos últimos dias tem sido de velório. Todos os jogadores chegam de cabeça baixa. Antes existia uma brincadeira aqui, outra ali, principalmente entre os mais jovens. Agora não tem nada. O ambiente é pesado, é denso. E isto tem passado pra todo mundo. Tem sido pesado trabalhar aqui. Parece que está todo mundo com medo do que o baixo rendimento pode trazer.”

Presidente já havia demonstrado preocupação

Barcellos já havia afirmado preocupação com a “aura” do ambiente colorado. “A gente percebe no torcedor esta aura negativa. Este medo do que vem pela frente. E nós temos que mudar isso.”

Esta frase foi dita no dia da demissão de Paulo Bracks, após a eliminação contra o Globo. Uma intervenção no futebol buscou exatamente recuperar este ânimo, desde a sexta-feira passada.

Comentários do Facebook

- Publicidade -