Bolívar recusa clube da Série B e segue nas transmissões com Baldasso

Rebaixada para o Campeonato Brasileiro da Série B após uma péssima campanha no Brasileirão, a Chapecoense está de olho em Bolívar, ídolo e bicampeão da Libertadores pelo Internacional.

A primeira investida da Chape foi um cargo de auxiliar técnico permanente para Bolívar, porém, as conversas não avançaram.

O jornalista Eduardo Florão explicou um pouco sobre a ideia da Chapecoense em contar o ex-zagueiro.

“Bolívar não foi contatado pela Chapecoense para ser técnico, a ideia era que ele fosse auxiliar permanente do clube. Em um primeiro momento não deu certo. Isso indica que Felipe Endres não deve permanecer em 2022. É a tendência”.

Atualmente, o ex-jogador está participando de transmissões com o Fabiano Baldasso. Com apenas 41 anos, o ídolo da torcida colorada já trabalhou como técnico no União Rondonópolis, Barra, Novo Hamburgo, Cianorte, Brasil de Pelotas, Vila Nova e Santa Cruz. Pelo Internacional, Bolívar atuou 291 vezes e conquistou vários títulos.

Após a negativa, o Índio Condá já tem um novo alvo. Trata-se de Felipe Conceição, ex-Remo e Cruzeiro.

Números de Bolívar no Inter

  • 291 jogos
  • 9 gols marcados
  • Campeão Gaúcho em 2004, 2005, 2009, 2011 e 2012
  • Campeão da Libertadores da América em 2006 e 2010
  • Campeão da Copa Sul-Americana em 2008
  • Campeão da Copa Suruga Bank em 2009
  • Campeão da Recopa Sul-Americana em 2011
  • Troféu João Saldanha: 2005
  • Taça Fernando Carvalho: 2009
  • Taça Fábio Koff: 2009, 2010
  • Troféu Osmar Santos: 2009
  • Taça Fronteira da Paz: 2010
  • Taça Farroupilha: 2011 e 2012

Comentários do Facebook

- Publicidade -