Bracks revela engenharia para a compra de Palacios

- Publicidade -

- Publicidade -

Carlos Palacios foi contratado pelo Internacional em um vínculo até março de 2025. A Unión Española queria 3 milhões de dólares pela venda do chileno, mas o Colorado não tinha condições de pagar. Então os dois clubes negociaram um empréstimo parcelado, que ao fim, totalizando os valores, será pago o estipulado para ter o atleta em definitivo.

“Com Palacios, foi uma forma de negociar diferente, não tínhamos condição de pagar a multa e fizemos um empréstimo parcelado. Ao final, efetivando os valores, teremos o jogador em definitivo”, explicou Paulo Bracks, em entrevista para o canal Vozes do Gigante.

A negociação só foi possível graças à projeção financeira do Internacional definida pelo fluxo de caixa. “É uma situação que a gente controla por fluxo de caixa. Nos permitiu trazer o jogador e pagar de forma parcelada”, salientou o dirigente.

- Publicidade -

Carlos Palacios tem 21 anos e está sendo utilizado com frequência por Diego Aguirre. O chileno é reserva, mas entra do banco de reservas na maioria dos jogos. No total, disputou 25 jogos e distribuiu uma assistência durante a temporada.

“Ele (Palacios) está sendo do Inter. A cada mês, a cada semestre, ele se torna mais do Inter. Houve criatividade para fazer esta contratação. É um jogador de seleção principal do Chile, que precisa aprimoramento, que precisa trabalhar a parte física e mental, ele é um dos nossos atletas destacados para ser trabalhado”, afirmou Paulo Bracks.

- Publicidade -

O perfil de contratações do Inter

O ponta é mais um dos jogadores que está sendo contratado pelo Internacional seguindo o novo perfil de contratações do presidente Alessandro Barcellos, que prioriza o vínculo de atletas jovens para futuras negociações. Além de Palacios, o Colorado contratou Kaique Rocha, Gustavo Maia, Bruno Méndez e Juan Manuel Cuesta em 2021.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

8 técnicos para comandar o Internacional em 2022