Brigada joga bomba em bar no Beira-Rio e interrompe transmissão de rádio colorada; vídeo

Torcedores do Internacional estiveram encurralados após ação da Brigada Militar na confusão pós-jogo, no empate em 1 a 1 com o Guaireña. Enquanto vândalos atacaram o patrimônio do clube, os colorados que acompanhavam o pós-jogo no Nego Véio, um dos bares do Beira-Rio, foram surpreendidos por bombas de gás lacrimogêneo.

A transmissão da Rádio Inferno, que iniciava a avaliação de mais um fiasco do Inter, foi interrompida ao vivo por conta do efeito das bombas. Segundo o perfil oficial da Rádio Inferno, crianças e idosos estavam no local e ficaram encurralados após a ação da BM.

Segundo a jornalista Andreana Chemello, uma das bombas foi jogada dentro do bar. Ainda não há confirmação se a ação foi direcionada pela Brigada Militar ou em decorrência de desvios da ação no pátio, onde torcedores protestavam de forma ostensiva.

O narrador Lucas Dalenogare, também da Rádio Inferno, detalhou a ação no bar e criticou a atuação da Brigada Militar na contenção da situação. O trabalho da BM já havia sido questionado após falhas na escola da delegação do Grêmio, no GreNal adiado do Gauchão.

Comentários do Facebook

- Publicidade -