Bustos compra rivalidade com o Grêmio e quer escrever seu nome nos clássicos

O lateral-direito do Internacional, Fabricio Bustos, concedeu entrevista à GaúchaZH. Mostrando estar muito bem ambientado no futebol brasileiro, em especial o gaúcho, o argentino revelou que o melhor e o pior momento com a camisa vermelha até aqui foram em GreNais. Por fim, o jogador comparou a rivalidade com clássicos de seu país.

Perguntado sobre o melhor momento atuando pelo Clube do Povo, o lateral citou um dos principais triunfos do time na temporada: “A vitória em cima do Grêmio, pelo Gauchão. Foi uma grande partida.”

Na sequência, o camisa 16 citou a derrota para o rival, válida pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Gaúcho. Para ele, a rivalidade GreNal é mais intensa que a vivenciada na capital da Argentina, principalmente por ter menos times dividindo o protagonismo.

“Aqui se vive um pouco mais, por serem só duas equipes em Porto Alegre. Em Buenos Aires disputam entre quatro e cinco. A rivalidade parece maior aqui, mas os argentinos também são muito apaixonados”, declarou Bustos.

Fabricio Bustos se tornou peça fundamental no Inter

Desde que desembarcou no Brasil, o argentino tornou- se uma peça chave no Colorado. Assim que chegou já fez sua partida de estreia, contra o Globo-RN, pela Copa do Brasil, e só sentou no banco em três oportunidades, quando foi substituído para descansar. Até aqui, foram 19 jogos e 1.686 minutos em campo.

O lateral solucionou o problema do lado direito da linha defensiva da equipe, que tanto era explorado pelos adversários no começo da temporada. Bom nos momentos defensivo e ofensivo, o jogador rapidamente tomou conta da posição e é um dos principais nomes do time de Mano Menezes atualmente.

Comentários do Facebook

- Publicidade -