Cada gol de Wesley Moraes pelo Inter custou o preço de uma Ferrari

O atacante Wesley Moraes foi contratado pelo Internacional no início da temporada e veio como um dos reforços mais badalados para 2022. Apesar das expectativas geradas, o atleta de 25 anos não consegue se destacar e enfrenta seca de gols.

O centroavante fez apenas dois gols em 20 jogos desde que chegou ao Colorado. Ao colocar a quantidade de vezes que Wesley balançou as redes em comparação com o salário recebido, o valor é suficiente para comprar uma Ferrari.

O atacante recebe R$ 600 mil por mês e já recebeu seis pagamentos, então a quantia é de R$ 3,6 milhões. Logo, cada gol do atleta pelo Inter custou R$ 1,8 milhão. O valor é suficiente para comprar uma Ferrari usada.

Wesley Moraes está emprestado pelo Aston Villa até o final da temporada e o Colorado estuda a possibilidade de conseguir a liberação do jogador. A única forma é encontrando algum clube interessado em pagar a mesma quantia salarial na próxima janela de transferências.

Por conta do rendimento abaixo do esperado de Wesley, o Internacional está em busca de alternativas para reforçar o clube. A intenção da direção é trazer pelo menos um centroavante que venha para assumir a titularidade.

Inter monitora centroavante do futebol europeu

Internacional está monitorando a situação do atacante Mikael, do Salernitana, da Itália. Revelado pelo Sport, o atleta de 23 anos está em baixa no futebol italiano e o clube está disposto a acertar o empréstimo dele na próxima janela de transferências.

O Colorado monitorou o centroavante na temporada passada, porém não teve sucesso durante o acordo. O Salernitana acabou comprando o jogador, porém ele não conseguiu se destacar e soma sete jogos e nenhum gol marcado desde que chegou ao clube.

No momento, o salário de Mikael está na casa dos 80 mil euros (cerca de R$ 430 mil). O Colorado está disposto a oferecer até R$ 1 milhão mensais para um centroavante que venha para assumir a titularidade, então pode fazer uma proposta para contar com o atleta.

Comentários do Facebook

- Publicidade -