Cadê os mais fieis? Inter deixa o Grêmio no chinelo em ranking de sócios

Internacional atingiu a marca de 100 mil associados nesta quinta-feira (21) e aparece na frente do Grêmio em ranking de clubes com mais sócios-torcedores. O rival do Colorado apresentou, em seu último balanço, cerca de 60 mil sócios.

O número de associados do Internacional está crescendo e a expectativa do clube é de que atinja um número entre 130 mil e 150 mil ainda em 2022. A direção segue com o objetivo de alcançar 200 mil sócios durante o mandato de Alessandro Barcellos, que acaba no final de 2023.

A aposta da direção é que a estabilidade dos resultados, aliada ao novo projeto de marketing para deixar o fã conectado, vão gerar um aumento no quadro social. Os números demonstram que a torcida do Internacional aparece mais fiel em relação aos gremistas.

O Grêmio, que está longe do número de sócios-torcedores do Inter, foi pontuado em pesquisa como a torcida mais fiel do Brasil. O levantamento do jornal O Globo revelou que o clube é o que tem a maior quantidade de torcedores que torcem para apenas um time.

Confira o ranking de torcedores mais “fiéis” do Brasil:​

  1. Grêmio – 90,6%
  2. Flamengo – 81,2%
  3. Corinthians – 80,6%
  4. Cruzeiro – 75,8%
  5. São Paulo – 75,6%
  6. Vasco – 71,4%
  7. Palmeiras – 65,5%

Inter lançou campanha para aumentar número de sócios

Durante a semana, o Internacional lançou o novo posicionamento de marca e apresentou o projeto de e-Sports para atrair novos torcedores. A intenção do clube é aumentar o número de associados com as ações.

Na última segunda-feira (18), o Colorado começou a campanha “Vivo em Ti”, que tem o objetivo de mostrar a importância do Inter no dia a dia de todos os torcedores. Na quarta, foi apresentado o projeto de e-Sports, que vai incluir o clube no mundo dos games.

“É mais que uma campanha. Queremos passar ao torcedor o sentimento que ele é muito importante, no campo e fora. Estamos em um novo momento, com uma equipe reformulada, mas os jogadores com identidade no clube”, afirmou o presidente Alessandro Barcellos.

Comentários do Facebook

- Publicidade -