Ceará x Inter ao vivo: escalações e arbitragem

O técnico Mano Menezes está definindo os últimos detalhes antes de enfrentar o Ceará. As duas equipes jogam neste sábado (2), às 19h, na Arena Castelão, em partida válida pela 15° rodada do Campeonato Brasileiro.

Focado na Copa Sul-Americana, o Colorado vai jogar com os reservas contra o Ceará. O clube quer os titulares descansados para reverter o placar de 2 a 0 na volta das oitavas da competição continental, contra o Colo-Colo, na terça (5), às 21h30, no estádio Beira-Rio.

Apesar de não estar jogando com força máxima, o Internacional projeta voltar com pelo menos um ponto na bagagem. O time do técnico Mano Menezes está em 4° lugar no Brasileirão, com 24 pontos conquistados em 14 jogos (seis vitórias, seis empates e duas derrotas).

O Colorado quer se manter entre os seis primeiros colocados para garantir uma vaga na próxima edição da Libertadores.

O Ceará, por sua vez, vem de resultado positivo na Sul-Americana. A equipe jogou fora de casa e venceu o The Strongest, da Bolívia, por 2 a 1, com gols de Erick e Zé Roberto. O clube encaminhou a classificação para a próxima fase da competição continental.

No Brasileirão, o Ceará não faz uma campanha tão boa quanto a do Internacional. A equipe está na 15° colocação, com 17 pontos. Caso seja derrotado pelo Colorado, os nordestinos podem entrar na zona de rebaixamento.

Detalhes de Ceará x Inter

O Internacional enfrenta o Ceará, neste sábado (2), às 19h, na Arena Castelão, em partida válida pela 15° rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo será transmitido pelo Premiere.

A provável escalação do Ceará tem: João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Richardson, Richard e Fernando Sobral; Vina; Lima e Matheus Peixoto. Técnico: Marquinhos Santos.

A provável escalação do Inter tem: Keiller; Kaíque Rocha, Rodrigo Moledo (Mercado) e Moisés; Heitor, Gabriel, Johnny, Mauricio e Thauan Lara; Taison e Wesley Moraes. Técnico: Mano Menezes.  

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques (Fifa), auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Victor Hugo Imazu dos Santos. VAR: Adriano Milczvski (quarteto paranaense).

- Publicidade -