Chapecoense precisa de 6 pontos para não ter a pior campanha da história

0

Adversária do Inter na próxima rodada, a Chapecoense corre o risco de ter a pior campanha da história do Campeonato Brasileiro por pontos corridos. No momento, o clube tem 12 pontos e 16% de aproveitamento.

O posto de pior campanha da história do Brasileirão (desde o início dos pontos corridos com 20 times em 2006) pertence ao América-RN, que fez 17 pontos, com 15% de aproveitamento, no Campeonato Brasileiro de 2007.

Para superar a pontuação e não carregar o fardo de pior campanha da história, a Chapecoense precisa de seis pontos nas próximas 14 rodadas.

Na última rodada, o Verdão do Oeste apresentou evolução e conseguiu conquistar empate por 2 a 2 contra o Atlético-MG, que é o líder isolado da competição.

O próximo adversário é o Inter, no domingo (10), às 11h, no Estádio Beira-Rio, em partida válida pela 25° rodada do Campeonato Brasileiro.

A Chapecoense já esta praticamente rebaixada, mas os jogadores e a comissão técnica seguem em busca de um milagre.

A preparação do Inter para enfrentar a Chape

A partida contra a Chapecoense é enxergada como uma boa oportunidade para alavancar na competição e ficar próximo dos primeiros colocados.

A meta do Inter é entrar no G-4 para conseguir uma vaga direta para a fase de grupos da Libertadores, e para isso é necessário ultrapassar Athletico-PR, Bragantino, Corinthians e Fortaleza.

Na última rodada, o Colorado ficou no empate sem gols contra o Ceará e o resultado fez a equipe se distanciar do G-4.

Ficha técnica – Ceará 0 X 0 Inter

Data: 06/10/2021 (quarta-feira)
Local: estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques Auxiliares: Victor Hugo Imazu e Sidmar dos Santos Meurer
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Cartões amarelos: Bruno Pacheco, Luiz Otávio, Vina, Marlon (CEA); Moisés, Saravia (INT);
CEARÁ: João Ricardo; Igor, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Airton (Erick), Kelvyn (Lima), Fernando Sobral (Fabinho), Marlon e Vina; Cléber (Jael). Técnico: Tiago Nunes
INTERNACIONAL: Daniel; Saravia, Mercado, Bruno Méndez e Moisés (Paulo Victor); Rodrigo Lindoso, Rodrigo Dourado, Caio Vidal (Johnny), Mauricio (Gustavo Maia) e Patrick; Yuri Alberto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.