Como foi o último jogo da carreira de D’Alessandro?

Estádio lotado, vitória de virada, gol marcado, presença da família, homenagem de colegas e muita emoção. Assim foi o jogo de despedida de D’alessandro no último domingo (17).

D’ale chegou ao Inter para se despedir no Campeonato Gaúcho. Contudo, lesões e o momento de turbulência da equipe fizeram com que o gringo realizasse sua última partida como profissional, no jogo contra o Fortaleza, pela segunda rodada do Brasileirão.

A perspectiva do confronto não era positiva, o Inter foi para o duelo após demitir Cacique Medina dois dias antes. Já o adversário, apesar do mau momento possui um time qualificado, e precisava da vitória para se recuperar.

D’ale fez o gol do empate

O Fortaleza veio disposto a estragar a festa de despedida do gringo, e aos 44 minutos do primeiro tempo, Johnny cometeu pênalti observado pelo VAR. Yago Pikachu não desperdiçou a cobrança e abriu o placar para o Leão do Pici.

O primeiro tempo se encaminhava para o fim, porém, D’ale resolveu assumir o protagonismo do duelo, também dentro de campo. Após driblar dois marcadores, o gringo estufou as redes do goleiro Max Walef.

Segundo tempo emocionante

O Inter voltou melhor na segunda etapa, mas novamente o Fortaleza ofereceu riscos de melar a despedida do argentino. Depois do cruzamento de Juninho Capixaba, Renê empurrou o atacante Robson dentro da área, e o árbitro novamente marcou pênalti para o tricolor. No entanto, dessa vez, Pikachu acertou a trave, e o jogo seguiu empatado.

D’alessandro deixou o campo pela última vez na carreira, aos 26 minutos, quando foi substituído por Boschillia. O camisa 10 saiu de campo ovacionado não só pela torcida e colegas, mas também pelos jogadores do Fortaleza.

O roteiro do evento ainda guardava surpresas para o final. Aos 44 minutos do segundo tempo a virada aconteceu; Alemão recebeu assistência de Boschillia e chutou no canto do goleiro tricolor. O atacante vibrou muito com o gol e comemorou junto a torcida colorada.

Homenagens após o jogo

Após o apito final, uma série de homenagens foram feitas para D’alessandro. O gringo recebeu sua família no gramado e foi presentado com uma camiseta contendo o número 529, referente ao total de jogos que disputou pelo Inter.

Um vídeo emocionante foi transmitido no telão do Beira-Rio, na qual contou a história da carreira do gringo, desde a sua estreia pelo River Plate. Depois de muita emoção, o ídolo colorado discursou para a torcida.

“O Sport Club Internacional é muito grande, eu espero ter correspondido a altura, sempre dei o meu melhor, e a partir de amanhã serei mais um torcedor”, disse D’alessandro.

Comentários do Facebook

- Publicidade -