Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Competição de R$ 170 milhões é engavetada e Inter sai perdendo

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, bateu o martelo sobre o futuro da Copa Sul-Minas, em entrevista concedida para a Rádio Gaúcha nesse domingo (30). Ele afirmou que é impossível a realização do torneio em 2023.

“Para 2023 é impossível. Surgiram algumas notícias, pois o meu colega da federação mineira fez alteração em seu campeonato, já preparando algo para 2024. Nós conversamos ao longo desse ano, mas, em um curto espaço de tempo, a CBF não aprovou a proposta”, disse o presidente.

A intenção é de que os detalhes da Copa Sul-Minas sejam debatidos durante a próxima temporada. Os clubes planejam a realização do torneio em 2024 e vão tentar alinhar os interesses juntamente com as federações de seus respectivos estados.

“Creio que temos todo o 2023 para conversar entre as Federações e a CBF para saber se é possível realizar, observando principalmente o ponto de vista financeiro e comercial. Temos que ver se é possível, respeitando os Estaduais”, afirmou Hocsman.

O Campeonato Gaúcho será iniciado no dia 15 de janeiro e terá 15 datas, sendo estendido até 9 de abril. A federação não disponibilizou datas para a realização da Sul-Minas, mas está disposta a realizar mudanças em 2024.

Copa Sul-Minas deve ser realizada nos próximos anos

Os times cotados para participar do torneio tinham a expectativa de arrecadar R$ 170 milhões com a Copa Sul-Minas. O modelo seguirá em estudo e a expectativa é de que seja levado para frente nos próximos anos.

O Internacional deu o aval positivo para a realização da Copa Sul-Minas. O clube está disposto a levar o torneio para frente e é um dos principais responsáveis para que a competição seja valorizada e tenha a expectativa de arrecadar tanto dinheiro.