Confira a provável escalação do Inter para pegar o Athletico-PR

O Internacional enfrentará o Athletico-PR no próximo sábado (16), pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida é um confronto direto na competição nacional e Mano Menezes pode realizar algumas mudanças na escalação, pensando em algumas questões físicas e mentais em decorrência dos últimos jogos.

A Arena da Baixada, palco do confronto, tem gramado artificial, que é constantemente molhado pela equipe adversária, para aumentar a intensidade do jogo, o que pode ser um problema para alguns jogadores mais experientes. Por isso, Mano pode optar por alguns jovens na titularidade, como ele mesmo pontuou:

“Pretendo fazer um aproveitamento mais escalonado. Não queria usar o Moledo no gramado sintético. Então, fizemos uma observação dele aqui (no Beira-Rio), em um gramado normal, que para ele é melhor. Teremos dois gramados sintéticos nos próximos jogos. Provavelmente, no próximo jogo, joguem Vitão e Kaique. Vamos avaliar bem”, declarou.

Provável escalação do Inter para enfrentar o Athletico-PR

Com as mudanças prováveis na escalação do Internacional para a partida, o time deve ir à campo com: Daniel; Heitor, Vitão, Kaique Rocha e Moisés; Johnny (Gabriel), Edenilson, De Pena e Boschilia (Maurício); Pedro Henrique (Caio Vidal) e Alemão.

Depois da classificação contra o Colo-Colo, pode ser que a questão mental seja um problema, devido à um “relaxamento” natural da equipe para a sequência da temporada. Antes mesmo do confronto contra o América-MG, Mano Menezes já vinha comentando sobre isso, em vídeo do Inter sobre os bastidores.

“O mais importante em um jogo como este, depois do que fizemos na terça-feira (contra o Colo-Colo), chama-se comportamento. E o nosso comportamento tem que ser o mesmo, de humildade com confiança. Humildade para correr atrás, para brigar pela bola. E, quando ganhar a bola, confiança para ir para dentro dos caras, fazer a jogada e ter vontade de ganhar o jogo. Este jogo aqui a gente ganha na vontade, na disposição, na superação”, declarou.

- Publicidade -