Confira os jogadores do Inter que mais se valorizaram em 2021

- Publicidade -

- Publicidade -

A temporada do Inter não foi boa. Nenhum título conquistado, eliminações precoces na Copa do Brasil e na Libertadores, e um amargo 12º lugar no Brasileirão. A boa notícia ficou por conta da parte financeira, mais precisamente envolvendo a valorização dos atletas do Internacional

Veja na sequência os 10 jogadores do Inter que mais se valorizaram em 2021:

Daniel – 27 anos

- Publicidade -

Valor de mercado no início da temporada: 50 mil euros

Valor de mercado atual: 4 milhões de euros

Valorização de 7.900 %

Yuri Alberto – 20 anos

- Publicidade -

Valor de mercado no início da temporada: 2 milhões de euros

Valor de mercado atual: 12 milhões de euros

Valorização de 500 %

Maurício – 20 anos

Valor de mercado no início da temporada: 675 mil euros

Valor de mercado atual: 2 milhões de euros

Valorização de 196,3 %

Johnny – 20 anos

Valor de mercado no início da temporada: 900 mil euros

Valor de mercado atual: 1,8 milhão de euros

Valorização de 100 %

Valor de mercado no início da temporada: 900 mil euros

Caio Vidal – 21 anos

Valor de mercado atual: 1,8 milhão de euros

Valorização de 100%

Carlos Palacios – 21 anos

Valor de mercado no início da temporada: 1,1 milhão de euros

Valor de mercado atual: 2 milhões de euros

Valorização de 82 %

Bruno Méndez – 22 anos

Valor de mercado no início da temporada: 1,8 milhão de euros

Valor de mercado atual: 3,2 milhões de euros

Valorização de 78%

Edenílson – 32 anos

Valor de mercado no início da temporada: 2,4 milhões de euros

Valor de mercado atual: 4 milhões de euros

Valorização de 66,7%

Moisés – 26 anos

Valor de mercado no início da temporada: 1,1 milhão de euros

Valor de mercado atual: 1,6 milhão de euros

Valorização de 46%

Juan Manuel Cuesta – 19 anos

Valor de mercado no início da temporada: 350 mil euros

Valor de mercado atual: 500 mil euros

Valorização de 42,88%

Comentários do Facebook

- Publicidade -