Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Confirmado! Inter volta para a Copa do Brasil após decisão da CBF

Após comunicado oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Internacional está confirmado na próxima edição da Copa do Brasil. No entanto, por não ter se garantido na Libertadores, o Colorado terá que disputar o torneio desde a primeira fase. A equipe será uma das integrantes do pote um da competição, que conta com os clubes mais bem ranqueados.

De acordo com o calendário base da CBF, a competição deve começar no dia 21 de fevereiro e vai até 10 de novembro. Os únicos times que não vão fazer parte desde o início são aqueles que conquistaram a vaga direta na terceira fase – seja por conta da participação na Libertadores ou algum título que dá a vantagem no torneio.

O Santos foi a única equipe da primeira divisão que não conseguiu uma vaga para disputar o torneio em 2024. Isso porque, neste ano, a CBF alterou o regulamento e as vagas foram distribuídas de acordo com a posição de cada clube no estadual. O Peixe ficou na 11ª colocação no Paulistão, então não ficou entre os melhores de seu estado.

O regulamento da Copa do Brasil funciona da seguinte forma: a CBF vai dividir as equipes em potes, seguindo o regulamento do ranking nacional da entidade. Após a definição dos duelos, os times vão se enfrentar em jogo único, com a partida na casa da equipe de pior colocação no ranking. Nesta fase, o visitante possui a vantagem do empate.

Os jogos do segundo mata-mata são definidos por chaveamento, também em jogo único. Contudo, em caso de empate no tempo regulamentar, a decisão será por meio das penalidades. Na terceira fase, os times do G-6, além de Vitória, Fluminense, São Paulo, Ceará e Goiás, irão entrar na competição. Os confrontos serão determinados por sorteio.

CBF promete premiação alta ao Inter

Veja a premiação da Copa do Brasil:

  • Primeira fase: R$ 1,4 milhão (Série A), R$ 1,25 milhão (Série B) e R$ 750 mil (demais clubes)
  • Segunda fase: R$ 1,7 milhão (Série A), R$ 1,4 milhão (Série B), R$ 900 mil (demais clubes)
  • Terceira fase: R$ 2,1 milhões
  • Oitavas de final: R$ 3,3 milhões
  • Quartas de final: R$ 4,3 milhões
  • Semifinais: R$ 9 milhões
  • Vice-campeão: R$ 30 milhões
  • Campeão: R$ 70 milhões