Conheça os jovens que farão parte do plantel do Inter em 2022

- Publicidade -

- Publicidade -

O Internacional está passando por uma reformulação no atual elenco. Após o anúncio da chegada de Cacique Medina, que será o treinador do Colorado em 2022, o clube deve focar em reforços. Mas os primeiros já chegaram, e vieram da base.

O desejo do Inter é aproveitar mais a base na próxima temporada. Com um ano repleto de títulos no Sub-20, quatro jogadores da categoria já estão se preparando para o início de 2022 e vão fazer parte do elenco principal. O técnico do Sub-20, João Miguel, falou um pouco sobre as características de cada um dos atletas.

- Publicidade -

Jovens que farão parte do elenco do Inter em 2022

Tiago Barbosa (20 anos – zagueiro)

Após passagem pela base do Atlético-MG, o zagueiro chegou no Inter em 2019. Com 1,96m de altura, o jogador já atuou duas vezes pelo profissional.

- Publicidade -

”Chegou meses antes da Copa São Paulo e ganhou seu espaço pela personalidade. Um perfil de zagueiro que serve para nós, com técnica apurada. É vencedor e tem estrela. Cresceu muito no ano. Está mais experimentado. Entendeu o processo e dará muita felicidade ao torcedor”

Thauan Lara (17 anos – lateral-esquerdo)

Com apenas 17 anos, Thauan Lara já acumula várias convocações para as seleções de base. O jogador, inclusive, já estreou pelo profissional no último Campeonato Brasileiro.

”Enfrentou jogadores três anos mais velho que ele, mas, ainda assim, sustentava. Desenvolveu muito rápido, absorve o cenário do jogo e treinamento. É aquele antigo jogador de bola, que traz na essência o futebol, de campinhos de várzea, jogos de 4 contra 4. Tem a bola no pé. Defende muito bem, ataca com capacidade forte de acabamento para servir os atacantes”

Matheus Dias (19 anos – volante)

O jogador chegou por empréstimo da Tombense e aproveitou a oportunidade na base. O atleta se destaca por seu auxilio no sistema defensivo. O volante fez gols decisivos no Brasileirão sub-20.

”Já tinha atuado no profissional na equipe anterior. Conseguiu espaço pela grande personalidade de jogo. Dentro do jogo assume suas ações. É um meio-campo que era nosso camisa 8, defende muito bem, tem imposição, capacidade técnica muito grande entre defesa e ataque. Fez gols importantes na nossa caminhada”

Nicolas (20 anos – atacante)

Antes de se tornar atacante, trabalhou alguns anos como ponta. O jogador tem uma boa movimentação e também já atuou no time de cima.

”Entendemos que, pela sua capacidade de finalização, mobilidade, sua técnica, podia jogar perto do gol, muito mais que servir atacantes. É jogador que cresceu muito nesse trabalho, experimentou em algumas posições do ataque e teve resposta muito boa. A todo momento preocupa os zagueiros adversários.”

Comentários do Facebook

- Publicidade -