Cuesta deixa o Internacional com dois prêmios de melhor zagueiro do Brasilerão

Apesar de não conquistar títulos pelo Internacional, Victor Cuesta foi um dos jogadores que mais obteve prêmios individuais nos últimos anos.

O gringo sempre foi valorizado pela sua capacidade técnica com a bola no pé, mesmo atuando no setor de defesa. Isso foi um dos fatores que o levou a se tornar o melhor zagueiro do Campeonato Brasileiro em duas oportunidades.

Em 2018, Cuesta formou dupla com Rodrigo Moledo e a notável capacidade defensiva do time treinado por Odair Hellmann, fez com que o argentino fosse premiado pela CBF como o melhor defensor do Brasileirão. No mesmo ano, “El Pátron” também ganhou o prêmio da Bola de Prata.

Cuesta voltou a ser premiado em 2020

Dois anos após ser eleito o melhor zagueiro do Brasileirão, Cuesta recebeu novamente o prêmio na edição de 2020.

Inicialmente, o zagueiro formou dupla com o jovem Zé Gabriel. No entanto, as fracas atuações do jovem colorado fizeram com que o parceiro de argentino viesse a ser Lucas Ribeiro.

A dupla se destacou na campanha de 9 vitórias consecutivas, que levou o Clube do Povo ao vice-campeonato da competição.

Cuesta negocia sua saída do Inter e possivelmente deixará o clube ainda nesse semestre.

Comentários do Facebook

- Publicidade -