Cuesta relembra perdas de títulos e pensa em pendurar as chuteiras no Inter

O zagueiro Victor Cuesta é uma das principais lideranças do Internacional. O jogador está no clube desde 2017, mas só ganhou a Recopa Gaúcha daquele ano. Foi vice-campeão da Copa do Brasil 2019 e do Brasileirão 2020, deixando um sentimento amargo.

“Batemos na trave duas vezes, infelizmente. A pressão é algo normal num clube gigante como o Inter, que deve sempre brigar por títulos. Este ano estamos trabalhando para ser competitivos novamente, chegar às decisões e vencer”, afirmou o zagueiro em entrevista à GaúchaZH.

Cuesta renovou o seu contrato recentemente e tem mais algum tempo de Internacional. Com o avançar de sua idade, o zagueiro já tem 33 anos. Ele foi questionado sobre encerrar a carreira no Colorado e continuar morando no Rio Grande do Sul.

“A ideia é ficar aqui em Porto Alegre, mas é difícil confirmar isso agora. Tenho muitos anos de carreira pela frente e o futebol é muito dinâmico. Num dia tu estás aqui, no outro podes estar em outra parte do mundo. Mas com certeza gostaria de ficar aqui, com minha esposa, que é daqui também. Gostamos muito da cidade e estamos bem adaptados”, contou.

Cuesta seguirá titular?

Kaique Rocha foi usado nos últimos jogos e convenceu. Bruno Méndez também conta com apoio dos torcedores. Isso faz com que o nome de Cuesta seja colocado em dúvida. Embora técnico com a bola nos pés, para alguns ele deveria ir para o banco, principalmente por não pular nas bolas aéreas.

Comentários do Facebook

- Publicidade -