D’Alessandro teve 18 técnicos no Internacional

A passagem do meia-atacante D’Alessandro pelo Internacional está próxima de chegar ao fim. Na história do clube há 14 anos, o atleta será lembrado como um dos maiores jogadores mais marcantes do Colorado desde o início de sua existência.

O último jogo de D’Alessandro pelo Internacional será contra o Fortaleza, neste domingo (17), às 18h, e terá o técnico Cacique Medina na casamata. No total, o meia-atacante teve 18 treinadores durante a carreira como jogador do Colorado.

O primeiro comandante do argentino foi o técnico Tite. Apesar de ambos terem conquistado a Sul-Americana em 2008, houve um conflito entre as partes na temporada seguinte. O comandante falou sobre a situação em sua biografia, publicada em 2016.

“Eu passava as informações e ele ficava inquieto, atrapalhando. Se tivesse feito algo mais enfático, a gente ia brigar. Mas nesse aí, eu falava para os outros jogadores prestarem atenção em mim. E falava para ele: ‘Vai para o banho, que vai entrar outro'”, disse o treinador.

Ao longo da história, D’Alessandro teve outros técnicos que foram marcantes para a carreira do argentino. Abel Braga é pontuado como um dos principais nomes, já que teve campanhas relevantes pelo Colorado nas duas passagens com o argentino.

Os treinadores de D’Alessandro no Internacional

Os técnicos de D’Alessandro em cada temporada:

  • 2008 (Tite)
  • 2009 (Tite e Mário Sérgio)
  • 2010 (Jorge Fossati e Celso Roth)
  • 2011 (Celso Roth, Paulo Roberto Falcão e Dorival Júnior)
  • 2012 (Dorival Júnior e Fernandão)
  • 2013 (Dunga e Clemer)
  • 2014 (Abel Braga)
  • 2015 (Diego Aguirre e Argel Fucks)
  • 2016 (Argel Fucks)
  • 2017 (Antônio Carlos Zago e Guto Ferreira)
  • 2018 (Odair Hellmann)
  • 2019 (Odair Hellmann e Zé Ricardo)
  • 2020 (Eduardo Coudet e Abel Braga)
  • 2022 (Alexander Medina)

Comentários do Facebook

- Publicidade -