Daniel recebeu ultimato da direção e fica com a titularidade na corda bamba

O goleiro Daniel está em alerta nos bastidores do Internacional. O arqueiro de 28 anos cometeu várias falhas cruciais durante a temporada e pode perder a titularidade caso continue apresentando os mesmos erros nos jogos.

Daniel cometeu erros contra o Globo (Copa do Brasil), em um clássico GreNal (Gauchão) e recentemente contra o Cuiabá (Série A). As falhas foram determinantes para a eliminação do clube nas duas competições de mata-mata e para a perda de pontos no Brasileirão.

A direção teve uma conversa com o goleiro e informou que ele provavelmente vai perder a titularidade caso continue apresentando o mesmo desempenho. Keiller, destaque pela Chapecoense no Brasileirão do ano passado, é o mais cotado para assumir a vaga.

Além disso, o Internacional está monitorando o mercado em busca de alternativas para reforçar a posição. Desde a saída de Marcelo Lomba, a direção está interessada na contratação de um goleiro experiente para disputar a titularidade com Daniel e Keiller.

O goleiro Diego Alves, do Flamengo, foi especulado no Colorado recentemente. O atleta está em baixa no Flamengo e não deve ter o contrato renovado no final da temporada. É possível que ele seja negociado na próxima janela de transferências.

Jornalista não quer Daniel entre os titulares

Após o empate em 1 a 1 contra o Cuiabá, o jornalista Vagner Martins pediu a entrada de Keiller no time titular do Internacional. O motivo da mudança seria por conta da nova falha de Daniel, que resultou no único gol da equipe mandante.

Segundo Vagner Martins, em todas as posições do clube quem está mal é trocado, então não deveria ser diferente com o goleiro. Daniel cometeu algumas falhas na temporada e o jornalista acredita que é momento de mudança.

Vaguinha quer a entrada de Keiller no time titular e ainda destacou que acredita que o arqueiro tem mais qualidade em relação a Daniel. O atleta foi um dos melhores goleiros do Brasileirão na temporada passada, quando defendeu as cores da Chapecoense.

Comentários do Facebook

- Publicidade -