Debaixo de muita neblina, Inter perde para Chape e se complica no Brasileiro Sub-17

0

O Inter foi derrotado pela Chapecoense por 3 a 2 na tarde deste sábado, no CT Água Amarela, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro Sub-17. Os gols do Verdão do Oeste foram marcados por Lucas e Diego, duas vezes. Thauan Lara, também com um doblete, descontou para os colorados.

O Celeiro de Ases volta a campo no dia 29 de junho contra o Sport, às 15h na Ilha do Retiro, pela penúltima rodada da primeira fase. Com o resultado negativo, o Celeiro de Ases se complicou na competição. A dois pontos do G4, o Colorado precisará vencer os próximos dois confrontos e torcer principalmente para Atlético-MG e Santos tropeçarem.

Foto: Julia Galvão/ACF

Melhores momentos de Chapecoense x Internacional pelo Brasileirão Sub-17

Diante de muita chuva e neblina, os minutos iniciais foram resumidos em muita correria e incessantes erros. A situação só foi melhorar a partir dos 10′ quando jogadores e espectadores enfim puderam se reconhecer. O Inter comandava as ações com boas chegadas, mas o gramado dificultava as investidas do time do técnico Ariel Lanzini.

A partir dos 24′, a equipe mandante começou a equilibrar as ações do jogo e, mais efetiva, conseguiu chegar ao seu gol. Aos 32′, O centroavante Diego fez boa jogada pela ponta esquerda e cruzou rasteiro para Lucas. O atacante se antecipou à zaga colorada e empurrou para as redes.

SEGUNDO TEMPO

Muito desatenta, a defesa colorada permitiu que o lanterna da competição ampliasse o placar. Aos 15′, em cobrança de falta, a bola sobrou pro artilheiro Diego que, livre, só teve o trabalho de finalizar. Minutos depois, quando a Chape apresentou falha no comportamento individual, o Inter também vacilou.

Após entrada dura de Finatto em Robert, o lateral-esquerdo catarinense foi expulso. Uma confusão foi formada e o volante Rangel bestamente agrediu um adversário. Consequentemente, também foi pro chuveiro mais cedo.

Aos 28′, a resposta do Celeiro de Ases. O lateral-esquerdo Thauan Lara, que vinha fazendo excelente partida pelo perigo proporcionado por suas batidas em faltas e escanteios, aprontou das suas. Soltou um balaço que contou com um desvio no meio do caminho e a generosa ajuda do goleiro Pedro.

Só que a Chape não precisou de muito tempo para ampliar. Passados dois minutos, mais um vacilo da zaga do Inter que deixou novamente Diego, o algoz colorado e grande destaque do jogo, livre para testar firme sem chances para Guilherme. O Inter chegou a se aproximar novamente no placar com outro gol de Thauan Lara, mas já era tarde demais.

FICHA TÉCNICA

Chapecoense: Pedro; Cauan, Boni, Fell, Finatto; Catafesta, Enzo, Pedro Henrique, Lucas; Kaká e Diego.

Internacional: Guilherme Lopes; Marcelo, José Adilson, Tiago Guth, Thauan Lara; Lukayan, Rangel, Robert; Guilherme Varjão, Jhonatan Kauan e Carlison. Técnico: Ariel Lanzini

Arbitragem: Gunar Nunes de Abreu Welsch, auxiliado por Mauro Ricardo Oliveira Alves da Luz e Aline Risso. Todos da federação catarinense.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.