Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Decisão de Oscar sobre futuro não anima nada os torcedores do Inter

O meia-atacante Oscar tomou uma decisão importante sobre a sua sequência na atual temporada. Apesar da manifestação pública de Eduardo Coudet, que pretende contar com o jogador no elenco do Inter de forma imediata, o profissional indica que vai permanecer no Shanghai Port, da China, até o final do contrato. O vínculo se encerra em novembro de 2024.

Mesmo assim, o Colorado segue empolgado com a possibilidade de contar com os serviços de Oscar. O clube tem a intenção de repetir a fórmula que trouxe o atacante Rafael Borré ao Beira-Rio. Diante disso, restando seis meses para o fim do vínculo, o Inter vai formalizar um pré-contrato junto ao estafe do jogador de 32 anos.

Desta forma, o Inter assegura a contratação para a próxima temporada e ainda teria margem para negociar uma antecipação da transferência ainda neste ano. No entanto, o entrave é que, caso não ocorra uma mudança drástica de planos, Oscar deve respeitar o contrato na China. O jogador está satisfeito por lá, já que conta com um dos maiores salários do futebol mundial.

O Clube do Povo tenta repatriar o meio-campista há pelo menos dois anos. O presidente Alessandro Barcellos mantém contato com o atleta e seu empresário. Além do Colorado, outros interessados fizeram consultas recentemente. Entre eles, clubes da Europa e da MLS. A intenção deles é de que o atleta seja firmado no segundo semestre de 2024.

Oscar pode retornar ao Inter?

De acordo com a GZH, o meia Oscar avalia três cenários para o futuro. Uma das possibilidades é retornar ao Brasil para encerrar a carreira em alto nível. O Inter é enxergado como um bom destino, já que conta com um projeto chamativo e se trata do clube que ele tem uma relação de carinho – por ter sido onde ganhou projeção nacional entre 2011 e 2012.

No entanto, o atleta também avalia a possibilidade de retornar à Europa ou ingressar nos Estados Unidos. Por fim, uma última situação seria encerrar a carreira na China e permanecer com a família por lá, ocupando um cargo diretivo no clube em que atua desde 2017. Contudo, até o momento, Oscar não tomou uma decisão sobre seu futuro.