Direção garante a permanência de Ramírez após goleada

Por outro lado, mudanças internas serão realizadas

0

O vice-presidente de futebol do Internacional, João Patrício Herrmann, garantiu a continuidade no trabalho de Miguel Ángel Ramírez após a goleada sofrida contra o Fortaleza. Ainda assim, o dirigente não escondeu o sentimento após ver o clube perder por 5×1, de maneira apática.

“Estamos extremamente envergonhados. É a maior vergonha que eu passo na minha história como dirigente do Inter. Tenho que pedir desculpas para torcida, os sócios, por esta derrota de hoje. O Miguel tem nosso respaldo e trabalha dia e noite para implementar seu modelo de jogo no time”, comentou.

Quando perguntado diretamente sobre a chance de mudar o comando técnico da equipe, ele rejeitou qualquer possibilidade neste momento. Segundo ele, o jogo pela Copa do Brasil na quinta-feira (10) é um dos motivos para manter o atual treinador no cargo.

“Não vai ter mudança na comissão técnica, e sim ajustes serão feitos. O clube vive um momento de transição importante e tratamos sobre isso. Não teremos mudança neste momento, ainda mais por essa decisão que temos agora, um jogo de mata-mata. Não vamos ter uma mudança que vá tumultuar o ambiente. Respaldamos nossa comissão técnica e nossos jogadores”, explicou.

Ramírez continua no Internacional

Diferente do que Ramírez havia dito na quinta-feira, após vencer o Vitória fora de casa, o vice-presidente não vê uma evolução no modelo de jogo.

“As alterações internas estão sendo feitas e sentimos que o modelo parou de evoluir, deu uma estancada. Então precisamos rapidamente resolver isso de forma interna, essas dificuldades, e entender a cultura gaúcha de jogar futebol e a história do Inter”, afirmou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.