Treinadores não sobrevivem sete meses no Inter

Após o desligamento de Diego Aguirre, o Internacional já começou a sua procura pelo novo treinador.

O Uruguaio foi contratado no início do Brasileirão, porém, com um aproveitamento de 42%, o Colorado acabou não conseguindo uma vaga na próxima Taça Libertadores.

A expectativa da direção é anunciar o novo comandante ainda em 2021. O clube está passando por uma grande reformulação, e reforços chegarão para a próxima temporada.

Considerando o prazo de validade dos últimos treinadores, o Inter não está tendo muito sucesso. Somente um técnico dos últimos 4 ficaram mais de 200 dias no comando do time gaúcho.

Prazo de validade dos treinadores no Inter

  • 2021: Diego Aguirre, 179 dias e 42,8% de aproveitamento
  • 2021: Miguel Ángel Ramírez, 101 dias e 56% de aproveitamento
  • 2021: Abel Braga, 138 dias e 70,3% de aproveitamento
  • 2020: Eduardo Coudet, 329 dias e 61,5% de aproveitamento
  • 2019: Zé Ricardo, 48 dias e 45,5% de aproveitamento
  • 2019: Odair Hellmann, 684 dias e 60,3% de aproveitamento
  • 2017: Guto Ferreira, 165 dias e 58,5% de aproveitamento
  • 2017: Antônio Carlos Zago, 167 dias e 57,27% de aproveitamento
  • 2016: Lisca, 23 dias e 44,4% de aproveitamento
  • 2016: Celso Roth, 99 dias e 36% de aproveitamento
  • 2016: Falcão, 26 dias e 13% de aproveitamento
  • 2016: Argel Fucks, 331 dias e 60,65% de aproveitamento
  • 2015: Diego Aguirre, 226 dias e 60,4% de aproveitamento
  • 2014: Abel Braga, 383 dias e 65,5% de aproveitamento
  • 2013: Clemer, 57 dias e 35,8% de aproveitamento
  • 2013: Dunga, 296 dias e 59,61% de aproveitamento
  • 2012: Fernandão, 122 dias e 44,87% de aproveitamento
  • 2012: Dorival Júnior, 339 dias e 64,8% de aproveitamento

Comentários do Facebook

- Publicidade -