Duas Ligas brasileiras fazem reunião para unificar projetos

Representantes da Liga do Futebol Brasileiro (Libra) e Liga Forte Futebol do Brasil (LFF) realizaram, nesta segunda-feira (18), em São Paulo, a primeira reunião pra buscar o acordo entre as partes. O objetivo é a criação de uma liga unificada entre os clubes.

A ideia principal do encontro era debater a possibilidade de criação de uma liga única com a participação de 40 clubes das Séries A e B do Brasileirão. As conversas duraram pouco mais de duas horas e os representantes destacaram que tiveram avanços positivos no acordo.

A reunião contou com os seguintes representantes da Libra: Duílio Monteiro (Corinthians), Andrés Rueda (Santos) e Thiago Scuro (Bragantino). A LFF levou os integrantes da comissão criada durante a homologação, incluindo o presidente Alessandro Barcellos, do Internacional.

“A reunião foi positiva, de convergência de ideias e princípios que norteiam a nova liga. Foi uma reunião que produziu material suficiente para que a gente possa junto aos grupos dos dois movimentos dividir informações e em um período breve formar juntos o que será um marco no futebol brasileiro, que é uma liga organizada pelos 40 clubes de Série A e Série B”, afirmou Barcellos.

A tendência é de que as partes realizem mais reuniões para definir a situação das ligas. A movimentação é que haja um acordo nos próximos meses e o futebol brasileiro conte com um novo campeonato.

O planejamento da Liga de Clubes

A projeção dentro da Libra é de que a organização gere cerca de R$ 4 bilhões em receitas anuais com os direitos televisivos. O valor representa mais do que o dobro do valor atual.

Os grupos estão realizando, de forma separada, reuniões para definir os detalhes sobre cada organização. As partes querem chegar em um acordo e estão se preparando para as medidas que serão colocadas em prática.

Comentários do Facebook

- Publicidade -