Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

É com isso que Paulo César Carpegiani trabalha atualmente

Confira mais informações sobre aquilo com o que o ídolo colorado Paulo César Carpegiani está trabalhando atualmente. O time gaúcho tem diversos nomes importantes marcados em sua história, tendo em vista as conquistas mais do que relevantes que foram alcançadas pelo caminho, restando dúvida para os torcedores sobre como esses nomes estão atualmente.

Formado pelas categorias de base do Internacional, Carpegiani foi um dos grandes nomes da conquista do Campeonato Brasileiro de 1975, tendo, inclusive, disputado a Copa do Mundo no ano anterior com a Seleção. O jogador em questão fez história tanto com a camisa alvirrubra quanto com a rubro-negra no Rio de Janeiro, onde foi jogador e treinador.

Como treinador, conquistou importantes títulos com a camisa do Flamengo, também tendo atuado comandando o Clube do Povo. Paulo César Carpegiani também se destacou treinando outras equipes, como o próprio Inter, em duas oportunidades, além de Palmeiras, São Paulo, Cruzeiro, Cerro Porteño e seleção do Paraguai.

Como comandante, tem um histórico vencedor, principalmente pelo Flamengo, onde conquistou a Copa Libertadores da América e posteriormente a Copa Intercontinental, em 1981, além de um Campeonato Brasileiro no ano seguinte. Seu último trabalho acabou sendo em 2018, quando comandou o Vitória.

Paulo César Carpegiani empilhou títulos na carreira

Somente pelo Internacional, Paulo César Carpegiani empilhou diversas taças importantes, como:

  • Campeonato Gaúcho: 1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1976
  • Troféu Bicentenário da Fundação de Porto Alegre: 1972
  • Campeonato Citadino de Porto Alegre: 1972
  • Campeonato Brasileiro: 1975 e 1976

Também tendo conquistas pela Seleção Brasileira:

  • Superclássico das Américas: 1976
  • Copa Rio Branco: 1976
  • Taça Oswaldo Cruz: 1976
  • Taça do Atlântico: 1976
  • Torneio Bicentenário dos Estados Unidos: 1976
  • Troféu Coroa Príncipe: 1978

Como jogador, ainda conquistou taças pelo Flamengo, com destaque para o Campeonato Brasileiro de 1980 e três cariocas, dois anos antes disso e no ano anterior.