Edenilson pode repetir feito raro e que não acontece desde 1990 com o Inter

0

O Internacional é o time grande que está há mais tempo sem ter um jogador brasileiro convocado para Copas do Mundo. Edenilson, que foi chamado por Tite nas duas últimas listas, está atualmente com a Seleção Brasileira na disputa das Eliminatórias. E pode sim pintar entre os convocados para a Copa do Catar.

O último atleta que defendia o Inter e foi chamado pela Seleção Brasileira foi o goleiro Taffarel, na Copa do Mundo de 1990. O arqueiro foi titular no time de Sebastião Lazaroni, que perdeu nas oitavas de final para a Argentina. Quatro anos depois, estava na equipe que foi tetracampeã, mas já não era mais jogador do Inter.

Na Copa do Mundo de 2018 o Inter teve o atacante Paolo Guerrero convocado, que inclusive marcou um gol no Mundial da Rússia. A questão é que ele não é brasileiro, jogou pela Seleção Peruana. Aliás, a equipe de seu país caiu na primeira fase e Guerrero foi reserva durante o torneio.

Nilmar foi reserva na Copa do Mundo de 2010. Ele esteve no Inter entre 2007 e 2009, mas foi vendido para o Villarreal, time onde estava no ano em que a Copa do Mundo da África do Sul foi realizada. Situação parecida com de Gamarra, que já havia deixado o Inter em 1998.

Outros jogadores do Inter convocados para Copa do Mundo

O Internacional chegou a emendar cinco Copas do Mundo seguidas com jogadores convocados pela Seleção Brasileira. Mas, já está a sete edições sem nenhum chamado, veja os jogadores que Edenilson poderá igualar:

  • Adãozinho – 1950
  • Nena – 1950
  • Carpegiani – 1974
  • Valdomiro – 1974
  • Batista – 1978
  • Edevaldo – 1982
  • Mauro Galvão – 1986
  • Taffarel – 1990
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.