Em novo vexame, Inter perde para Vitória e é eliminado da Copa do Brasil

0

O Internacional foi derrotado pelo Vitória por 3 a 1 na noite desta quinta-feira, no Beira Rio, e está fora Copa do Brasil. Os gol do Leão foram marcados por Samuel, Eduardo e Guilherme Santos. Johnny descontou para o Colorado.

Foi a primeira vitória dos baianos com dois ou mais gols de diferença na história do confronto. O Clube do Povo agora volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O time do ameaçado Miguel Ángel Ramírez (que não esteve em campo hoje, é bem verdade) enfrenta o Bahia no próximo domingo, às 20h30.

Foto: Reprodução Twitter/Inter

Melhores momentos de Inter x Vitória pela Copa do Brasil

O Inter fez um primeiro tempo muito parecido em termos de qualidade com aquele que Ramírez usou em poucos minutos na sua passagem. A cobrança pela mudança no modo de jogar, tão pedida por torcedores e analistas, veio após a reunião da comissão e foi confirmada pelo próprio Patrick em entrevista no intervalo.

Taison, melhor em campo, estava bem à vontade para flutuar entre os setores ofensivos e abria espaço para as chegadas dos atacantes e meias. O Inter parava na boa atuação do goleiro reserva do Vitória, Lucas Arcano, que fez quatro grandes defesas. No final da primeira etapa, Moisés ainda mandou uma bola na trave em cobrança de falta.

SEGUNDO TEMPO

Logo após os melhores 45 minutos em muito tempo, o Inter deu um tiro no próprio pé. Aos 6′, em lance parecido com o do confronto contra o Fortaleza, Pedro Henrique deixou o pé alto demais e acertou o peito do adversário, sendo expulso corretamente pelo segundo jogo consecutivo.

Mesmo com um a menos, o Inter teve a melhor chance até aqui na categoria de Taison. O camisa 10 fez boa jogaa pela direita e deu o passe na frente para Saravia. Já na pequena área, o lateral perdeu cara a cara com o arqueiro adversário.

O Inter até que esfriava o jogo, mas o Leão acordou em um momento isolado. Aos 24′, Dinei soltou um balaço do meio da rua, Daniel conseguiu chegar na bola e ela foi no travessão. No rebote, Samuel sozinho completou para o fundo das redes.

Assim como o rival, o Inter “achou” seu gol. Em bolada alçada na área, Patrick desviou, Cuesta escorou para o meio e Johnny completou. No lance seguinte, gol do Leão. Chutaço de Eduardo no ângulo de Daniel.

O gol desestabilizou totalmente o Inter. Cinco minutos depois, Raul Prata levantou bola na área, Guilherme Santos ganhou de Saravia e cabeceou no canto, sem chances para o goleiro colorado. Para conter o contra-ataque baiano, Boschilia recebeu o segundo e também foi pro chuveiro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.