Entenda de onde vem a dívida de R$ 600 milhões do Internacional

Dívidas com bancos, jogadores e muito mais atrapalham o clube

0

A situação financeira do Internacional não é nada boa. O clube possui uma dívida de R$ 595 milhões, esse é o motivo de reduzir a folha de pagamentos e evitar custos. O presidente Alessandro Barcellos assumiu faz meio ano e está tentando colocar a casa em ordem.

Para se ter ideia, apenas em juros e multas o Internacional gastou R$ 21 milhões no último ano. Mais do que isso, R$ 22 milhões foram gastos com despesas bancárias, que está relacionadas com empréstimos. Na temporada passada o déficit foi de R$ 92 milhões.

A direção faz o que pode, por enquanto o salário dos jogadores continuam sendo pagos em dia. As negociações acontecem principalmente com bancos e empresários de jogadores, que possuem dinheiro a receber. O clube vai “pedalando” e jogando estes pagamentos para a frente, pagando mais juros.

Entenda as dívidas do Internacional

As dívidas devem ser divididas em curto e longo prazo, as de curto prazo são aquelas que precisam ser pagas dentro desse ano, ou seja, em 2021. Veja como está a matemática do clube:

  • Dívidas de curto prazo: R$ 282 milhões;
  • Dívidas de longo prazo: R$ 313 milhões.

Para quem o Inter deve?

  • 139 milhões para bancos
  • 206 milhões em questões fiscais
  • 131 milhões de direitos trabalhistas
  • 119 milhões em outras questões

É comum encontrar nas listas de endividamento o Inter aparecendo com mais de R$ 800 milhões. De fato, o balanço do clube indica um passivo de R$ 272 milhões, relacionados com o arrendamento do Beira-Rio. Entretanto, não será preciso pagar nada, é preciso apenas esperar o prazo terminar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.