Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Entenda por que o Brasileirão de 2005 deveria ser do Inter

O Internacional tem alguns gritos de título entalados na garganta, e normalmente por conta de problemas com a arbitragem, como aconteceu no Campeonato Brasileiro de 2005, inesquecível para os colorados, mas não de uma maneira positiva. Na época, algumas mudanças nas partidas acabaram tirando a taça das mãos do time gaúcho, algo que alguns torcedores nunca esquecem.

Apesar de não poder mudar o passado, faz parte de uma boa torcida remoer algumas situações injustas que aconteceram diante do seu time do coração, ainda mais quando esses infortúnios acabaram tirando títulos. Como em 2005, quando o Inter acabou prejudicado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, mesmo que indiretamente.

Naquele ano em que o Colorado terminou poucos pontos atrás de um dos maiores rivais, Corinthians, pois uma decisão do STJD que anulou 11 partidas apitadas pelo árbitro Edilson Pereira de Carvalho. Com isso, dois confrontos em que os paulistas foram derrotados acabaram sendo refeitos e terminaram com 4 pontos para o Timão.

Esses pontos foram o suficiente para ficar na frente do Inter ao final do ano. Além disso, outro lance que incomoda bastante os torcedores é o pênalti não marcado em cima de Tinga na penúltima rodada da competição nacional. No entanto, com os pontos conquistados em uma eventual vitória no Morumbi nesta partida, o Colorado ainda não alcançaria o rival, pelo saldo de gols.

Inter ainda pode comemorar o vice de 2005

Apesar de ser bem dolorido para os torcedores perderem um título por tão pouco e para um dos maiores rivais, a cadeia de eventos que sucedeu o ocorrido acabou valendo bastante à pena para o Inter, se formos levar em conta os títulos.

A posição na tabela levou o time para o pote e consequentemente para aquele grupo da Libertadores de 2006, que culminou no título inédito do time, também levando ao Mundial, ganho em cima do Barcelona. Caso ficasse com o lugar do Corinthians, talvez a história fosse outra.