Esse pode ser o grande vilão do Internacional em 2022

O calendário lotado de jogos, junto com a intensidade que o time exprime em cada partida, vem tornando as lesões o maior problema de Mano Menezes disparado na temporada. Com uma decisão importante próxima, na Copa Sul-Americana, agora o departamento médico do Internacional corre contra o tempo para recuperar os jogadores e deixá-los a disposição.

A próxima partida do Colorado, pelo Campeonato Brasileiro, é um exemplo desse problema no elenco, tendo que lidar com desfalques, o treinador colorado terá que ajustar algumas coisas no meio de campo, ficando sem as principais peças no setor criativo colorado.

Sem Alan Patrcik e Taison, deixando a vaga para Mauricio, na criação e articulação do time. A tendência natural seria a queda da vaga para Boschilia, porém, o último não tem condição física para atuar, tendo em vista que está parado por um longo período. Além disso, Mano ainda busca manter as preservações no time, evitando maior desgaste e propensão à lesões.

Lesões preocupam o Internacional

As lesões no setor preocupam a comissão técnica, tendo em vista que tiraram de combate dois jogadores da posição. Alan Patrick apresentou uma lesão muscular e tem, como previsão de retorno aos gramados, cerca de 4 semanas de recuperação.

O atleta vem mantendo a titularidade desde que Mano Menezes chegou e adotou seu sistema de jogo. Ele deve estar de volta para a Sul-Americana. Porém, Taison, seu substituto imediato, também aparece como um provável desfalque.

O jogador sentiu dores na coxa na última partida, contra o América-MG, sendo constatado um novo problema muscular que deve deixá-lo de fora por 3 semanas deixando a dor de cabeça para o treinador do Inter, que terá que repensar o esquema. Há a expectativa do seu retorno para o jogo contra o Melgar, mas sem certeza.

Comentários do Facebook

- Publicidade -