Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Está definido! Rival do Inter vai mudar estádio para nome do presidente

Rival do Inter, o Athletico Paranaense convocou uma reunião para mudar o nome de seu estádio. A Ligga Arena, também conhecida como Arena da Baixada ou Estádio Joaquim Américo Guimarães, pode mudar a nomenclatura para Estádio Mário Celso Petraglia. A questão seria uma homenagem ao atual presidente do clube.

A possibilidade ainda está sendo avaliada pelos conselheiros do clube e divide opiniões entre os torcedores do Athletico Paranaense. No entanto, caso a reunião tenha um aval positivo dos participantes, é possível que o Furacão tenha o nome do estádio alterado nos próximos meses.

O entendimento é de que Mário Celso Petraglia teve responsabilidade direta pelo momento atual do Athletico Paranaense. A equipe subiu de patamar financeiramente e não disputa a Série B desde a década passada. Além disso, nos últimos anos, o clube levantou a Levain Cup-Sudamericana (2019), duas Copas Sul-Americana (2018 e 2021) e uma Copa do Brasil (2019).

A ascensão do Athletico Paranaense chama a atenção e a situação é credibilizada principalmente para o presidente Mário Celso Petraglia. É por esse motivo, inclusive, que o clube estuda a possibilidade de mudar o nome do estádio que carrega a nomenclatura de um ex-mandatário.

Inter tomou chapéu do Athletico

O Inter deixou de efetuar a contratação de um dos principais destaques do Athletico nos últimos anos. Trata-se do atacante Vitor Roque, de 18 anos, que atualmente pertence ao Barcelona. Em 2022, o jovem chamou a atenção nas categorias de base do Cruzeiro e foi disputado pelos dois clubes. No entanto, os paranaenses tiveram sucesso na compra.

O Athletico levou sucesso por conta do valor da multa exigido pelos mineiros, além do salário que o atacante pretendia receber em seu novo clube. O Inter não se colocou à disposição para suprir os valores, então o Furacão teve sucesso nas tratativas. No ano seguinte, Vitor Roque foi vendido ao Barcelona por mais de R$ 400 milhões.