Este é único setor que o Inter não precisa de contratações em 2022

- Publicidade -

- Publicidade -

Existe apenas um setor que o Inter não precisa contratar para 2022: a zaga. Talvez o Internacional conte hoje com os melhores zagueiros do Brasil. Ou melhor, o conjunto de zagueiros mais qualificado do país, quando pensamos em quantidade.

A dupla titular é Victor Cuesta e Bruno Méndez. O argentino tem contrato até o meio de 2022 e a direção pensa em renovar, mas enquanto o vínculo não for ampliado, haverá o risco de perder esse cara. Aliás, ele é ótimo ofensivamente, com seus cruzamentos certeiros que de vez em quando ajudam o Inter.

- Publicidade -

Méndez veio do Corinthians no meio da temporada 2021 e não demorou para ganhar espaço. Seguro na bola aérea, ele arrumou um problema velho do Inter, que parou de tomar gols de cabeça em quase todos os jogos. Tanto que Gabriel Mercado acabou ficando no banco de reservas.

Por falar em Mercado, ele atuou bem quando foi zagueiro. É firme, não compromete defensivamente e ainda vai para o ataque ajudar o time, por isso marcou um gol na estreia, só que naquele jogo ele foi lateral. Embora custe caro, é um jogador interessante no plantel.

- Publicidade -

O Inter conta ainda com Kaique Rocha, que mede mais de 1,90m e foi seguro nas partidas em que atuou. O grandalhão veio da Europa por empréstimo e ajudou a deixar o setor ainda mais qualificado ao longo da temporada 2021.

Inter não precisa de zagueiros para 2022

O Internacional sofreu no começo da temporada 2021, com Rodrigo Moledo machucado, Zé Gabriel e Lucas Ribeiro viraram opções. O problema mesmo foi que a direção não contratou defensores em março, somente já com o Brasileirão em andamento.

Por falar em Moledão, ele está prestes a voltar e em 2022 já deverá ter retornado. Ou seja, o Internacional terá Cuesta, Méndez, Kaique, Mercado e Moledo. São cinco bons zagueiros capazes de atuar pelo Clube do Povo.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

8 técnicos para comandar o Internacional em 2022