Estes são os maiores desafios de Aguirre no Internacional

Técnico precisa corrigir o sistema defensivo e o ataque

0

Ficou evidente no jogo contra o Ceará que o técnico Diego Aguirre terá várias dificuldades no Internacional. O começo de trabalho não será dos mais fáceis, provavelmente contra a Chapecoense, na quinta-feira (24). A equipe vem apresentando uma série de dificuldades dentro de campo.

A defesa praticamente não ganhava uma bola de cabeça, todos em cruzamentos para a área eram vencidos pelos atacantes do Ceará, que em boa parte deles mandaram para fora. Nos escanteios, Messias chegou a marcar um gol, mas a arbitragem deu falta. E tantas outras bolas finalizadas para fora.

Thiago Galhardo perdeu um gol muito parecido do que aquele contra o Atlético-MG. O atacante tentou driblar o goleiro e até conseguiu, mas com um defensor fechando o gol, seu chute foi péssimo. Yuri Alberto esteve apagado o jogo inteiro e pouco fez na partida.

Aguirre vai ter trabalho no Internacional

O Internacional chegou ao sexto jogo sem vitória no Beira-Rio. Falta menos de um mês para as oitavas de final da Libertadores. Até lá, Aguirre terá que dar uma nova cara ao time, que não faz mais o jogo de posição e fica perdido em campo.

Se o time havia atuado bem contra o Galo na semana passada, dessa vez fez um jogo muito abaixo do esperado. O Ceará jogou melhor dentro do Beira-Rio e teve muito mais chances de fazer o segundo gol para sair com a vitória.

Aguirre precisará devolver solidez ao sistema defensivo, ao mesmo passo que melhorar o ataque. Esse jogo serviu para provar que Galhardo e Yuri Alberto não podem começar juntos como titulares. Afinal, não produzem quase nada, é melhor por uma alternativa de velocidade no ataque.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.