Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Ex-Inter acaba de chegar para comandar a Seleção Brasileira

O dirigente Rodrigo Caetano foi anunciado como novo diretor de seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O ex-executivo com passagens por Inter e Atlético Mineiro assinou contrato nesta sexta-feira (16). Ele terá poder para comandar a reestruturação tanto na Seleção principal, com Dorival Júnior, quanto nas seleções de base.

O presidente Ednaldo Rodrigues reforçou que ele terá plenos poderes para definir os novos rumos e definiu o novo cargo: diretor executivo de todas as seleções masculinas. “Rodrigo terá autonomia total nas modificações necessárias para a seleção brasileira continuar sendo uma Seleção vencedora, forte e identificada com os torcedores”, disse o mandatário.

O mandatário ainda ressalta que o trabalho de Rodrigo Caetano será em conjunto com o novo treinador, Dorival Júnior. Ambos estão confiantes com a reformulação no departamento de futebol da CBF e acreditam na conquista de resultados de curto a longo prazo.

“O trabalho do Rodrigo Caetano comunga com o sentimento do novo treinador, Dorival Júnior. Tem a confiança irrestrita do presidente neste momento difícil que não só a seleção principal, mas também de base, se encontra. Ele terá a distinção para fazer o trabalho não só na seleção principal, mas uma reestruturação geral das seleções masculinas”, afirmou Ednaldo.

Ex-Inter fala sobre chegada na Seleção Brasileira

Em suas primeiras palavras no cargo, Rodrigo Caetano definiu a oportunidade como a mais importante da carreira. Antes de ocupar a vaga na CBF, o dirigente teve passagens por clubes como Internacional, Atlético Mineiro, Grêmio, Vasco, Fluminense e Flamengo.

“Primeiro, os agradecimentos obrigatórios a confiança do presidente Ednaldo por esse convite, o maior desafio da minha carreira pelo tamanho da instituição e da responsabilidade, da expectativa neste trabalho. Me sinto muito honrado pela escolha. Você ser chamado para a Seleção é uma convocação, e é assim como me sinto”, disparou Caetano.