Ex-Inter completa sexta temporada na MLS e descarta retorno

0

O meia Ilsinho, que teve uma curta passagem pelo Inter e está disputando a MLS, descarta retorno ao Brasil e deve se aposentar nos Estados Unidos.

O jogador de 35 anos está no Philadelphia desde 2016, e apesar de não ser titular, o atleta sempre entra do banco de reservas e é um dos principais nomes do elenco.

“Eles criaram um estigma comigo: ‘A gente guarda ele para os últimos 30 minutos, e nesse tempo ele faz algo para nós’. Particularmente, eu odeio isso, preferia muito mais estar jogando… Se eu fosse treinador e tivesse um jogador muito bom, iria preferir que atuasse 60, 70 minutos em vez de só 30. Mas esse plano do meu treinador deu certo várias vezes, e contra fatos não há argumentos. Não tem como eu brigar muito com ele se esse plano está dando certo”, afirmou Ilsinho, em entrevista ao ge.

O atleta afirmou que vai encerrar a carreira na MLS pensando na qualidade de vida dos filhos de cinco e 11 anos. Apesar de não ter sido destaque no Colorado, Ilsinho foi destaque no São Paulo e alguns torcedores pediam a aposentadoria do atleta no clube.

“Eu já falava isso (sobre a aposentadoria) com 32 (anos), né? Agora, com 35, está cada vez mais perto. Quando escolhi os Estados Unidos, priorizei a minha família, meus filhos e minha qualidade de vida. Acho difícil não continuar esse trajeto, dar essa qualidade de vida que eles merecem”, salientou o jogador.

Quando deve ocorrer a aposentadoria do ex-Inter?

O atleta tem contrato até dezembro de 2021 e ainda não decidiu sobre quando vai anunciar a carreira. Segundo ele, o corpo vai dar a resposta sobre o assunto.

“A vida vai dizer. Estou dançando conforme a música. Com 35 anos, o corpo da gente já começa a acusar. São dores, lesões… E se você tem lesões recorrentes, fica mais chato, está sempre de dieta, sempre se cuidando com dores. Eu vou jogando esses minutos que eles me dão e me cuidando para estar bem. Não sei como vai ser o ano que vem, vou tentar fazer o melhor que eu puder e, se for a hora de parar, vou parar feliz. Se tiver mais um ano para jogar, continuarei, mas ainda não tenho planos”, disse Ilsinho.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.