Antigo jogador do Inter perdeu a carreira após lesão no campo do São José

O ex-Inter, Gonzalo Sorondo, teve mais uma das últimas lesões da carreira atuando no Estádio Passo D’Areia. Em partida disputada no gramado sintético do São José, em 2011, o zagueiro rompeu os ligamentos do joelho direito e teve a passagem no Beira-Rio prejudicada. Isso demonstra o perigo do campo malcuidado como estava no último domingo (20).

Naquela partida, Sorondo ainda lesionou a clavícula e saiu do estádio direto para o Hospital. Na época, o defensor fazia boas atuações, era titular, porém acabou tendo que ficar seis meses afastado. O médico do Colorado na época, Carlos Poisl, declarou que a lesão de ligamento poderia ser uma consequência do gramado.

Agora, em 2022, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Gaúcho, o Colorado enfrentou o Zequinha na casa do adversário. Na derrota por 3 a 2, o time de Cacique Medina encontrou enormes dificuldades para jogar devido ao estado do campo. O gramado sintético, aprovado recentemente pela Fifa, apresenta diversos buracos.

Por sorte, nada de grave aconteceu desta vez. No entanto, o mal cuidado campo do Zeca ainda pode prejudicar os atletas do próprio clube e dos adversários.

Gramado ruim prejudicou Inter e São José

Com o campo no estado em que estava, ambas as equipes foram prejudicadas. Principalmente o Clube do Povo, que mais tentou jogar com a posse e criar oportunidades, enquanto o adversário estava em postura defensiva.

O mais curioso é o fato de que o péssimo gramado foi aprovado pela Fifa. Há poucos dias, o Estádio Francisco Novelletto recebeu a aprovação da entidade máxima do futebol a respeito da grama sintética. O resultado foi obtido via relatório após avaliação feita por um laboratório credenciado pela FIFA no dia 1º de fevereiro.

Comentários do Facebook

- Publicidade -