Negócio esfria e jogador formado no Inter não acerta com o Flamengo

Ex-Inter, o zagueiro Bruno Fuchs não acertou a transferência para o Flamengo. O Rubro-Negro estaria tentando a contratação do defensor para repor uma possível saída de Léo Pereira. Sem espaço no CSKA Moscou, da Rússia, o jogador teria a sua saída facilitada pelo clube.

A informação foi dada há cerca de um mês pelo jornalista Ekren Konur, especialista em transferências internacionais. A proposta do Rubro-Negro seria de empréstimo com opção de compra ao final do vínculo. No entanto, como não surgiram mais notícias desde então, parece que não terá mais negócio.

Formado pelo Clube do Povo, Fuchs foi aproveitado por Eduardo Coudet. O técnico argentino gostou dele pela qualidade na saída de bola e o colocou ao lado de Victor Cuesta na zaga. Tendo destaque, não demorou muito para ser vendido. O CSKA pagou cerca de 8 milhões de euros (R$ 51 milhões, à época), para contratá-lo.

Bruno Fuchs foi revelado no Inter

O defensor estreou pelo profissional ainda em 2019, com Odair Hellman. Naquela temporada, atuou em apenas 10 partidas, passando a maior parte do tempo no banco. 

Presente nas seleções de base do Brasil, ele participou de duas edições do Torneio de Toulon, em 2017 e 2019, além do torneio Pré-Olímpico. Esteve, inclusive, presente em Tóquio 2021, conquistando a medalha de ouro.

Foi somente em 2020 que o atleta se tornou titular da zaga do Inter, desbancando Rodrigo Moledo, e logo foi vendido. Entretanto, no novo clube não conseguiu ter oportunidades.

O zagueiro não correspondeu às expectativas e foi perdendo espaço. Desde que chegou na Rússia, disputou apenas quatro partidas. Ele não joga oficialmente desde o dia 11 de dezembro. Na data, o CSKA venceu o Arsenal Tula por 2 a 0.

Comentários do Facebook

- Publicidade -